Início » Jogos » Jump Force: Bandai Namco desiste de jogo de luta e detalha mudanças para 2022

Jump Force: Bandai Namco desiste de jogo de luta e detalha mudanças para 2022

Jump Force deixará de ser vendido a partir de fevereiro e perderá o multiplayer ainda em 2022; jogo de animes da Bandai Namco teve recepção mista entre público e crítica

Por

A Bandai Namco anunciou que vai encerrar o suporte a Jump Force. Isso significa que o game deixará de ser vendido em suas edições digitais e será removido das lojas online do PlayStation, Xbox, Nintendo Switch e PC. Além disso, mais tarde, o jogo também perderá o modo multiplayer e qualquer conteúdo online, incluindo DLC.

Jump Force chega ao fim em 2022 (Imagem: Divulgação/Bandai Namco)

De acordo com a Bandai Namco, as vendas online do game encerrarão em 7 de fevereiro. Isso inclui não apenas a versão original do jogo mas também sua versão Deluxe, repleta de extras, e os dois pacotes de personagens adicionais que já foram lançados. Nenhum outro pacote está previsto para chegar ao game, obviamente.

Já em 24 de agosto do ano que vem os jogadores não poderão mais acessar qualquer modo online, incluindo batalhas multiplayer, funções de clã, loja premium, placar de líderes, avisos online, entre outros.

O fim de Jump Force?

Vale sempre lembrar: isso não significa que o jogo deixará de funcionar. Quem já comprou pode baixar quantas vezes quiser e continuar aproveitando, o mesmo vale para cópias físicas existentes e já adquiridas. Se o game estiver em serviços como Game Pass e PS Now, porém, o download não será mais possível.

O único grande impacto é a impossibilidade de jogar multiplayer online, mas ainda será possível aproveitar o multiplayer local, com outro jogador em um segundo controle, usando todo o conteúdo atualmente disponível no game.

A Bandai Namco não deu um motivo oficial para o fim do game, mas é possível imaginar algumas coisas, a começar pela recepção de crítica, que não foi muito boa, o que pode ter impactado em vendas baixas.

Além disso, um game como Jump Force envolve personagens de diversos animes distintos, o que por sua vez traz complicações de licenciamentos diferenciados, o que pode ter limitado a vida útil do jogo.

Com informações: Bandai Namco.