Início » Brasil » HTC Desire A começa a ser vendido por R$ 899

HTC Desire A começa a ser vendido por R$ 899

Smartphone com câmera de 5 megapixels roda Google Android 2.1.

Avatar Por

A HTC Brasil anunciou nessa semana a chegada de mais um smartphone mid-end no mercado brasileiro. Com uma defasagem de cerca de um ano frente à data de lançamento no exterior, o HTC Desire A é mais um aparelho rodando sistema do Android por um valor mais em conta que aquele dos supersmartphones (leia-se: Motorola Atrix, Samsung Galaxy S e iPhone 4).

Desire A roda Android 2.1 com interface HTC Sense (imagem: divulgação/HTC Brasil)

De acordo com a empresa, o principal recurso do HTC Desire A é o acesso facilitado às mídias sociais. O smartphone vem de fábrica abastecido com aplicativos para Twitter, Facebook, Flickr, YouTube e Friend Stream (que exibe uma timeline das atualizações dos amigos nas variadas redes). Curiosamente, não tem nem sinal de acesso facilitado ao Orkut no smartphone.

Como já poderíamos esperar, o Desire A — não confundir com o HTC Desire, aparelho top da empresa que por enquanto só é vendido lá fora — conta com a interface HTC Sense. O Android em questão é o 2.1 (Ecclair), que já está um tanto quanto defasado. A HTC Brasil informa que não há qualquer intenção de liberar atualizações da plataforma do Google para esse aparelho.

No que diz respeito a hardware, temos especificações de um aparelho mais simples: processador de apenas um núcleo com 528 MHz de clock; memória RAM de 512 MB; visor de 3,2″ com resolução QVGA de 240×320 pixels. A câmera fotográfica do aparelho tem 5 megapixels de resolução, com direito a captura de vídeo em 3GP.

O HTC Desire A funciona em redes 3G dual-band e GSM quad-band. Também conta com Wi-Fi 802.11 b/g.

Em comunicado, a HTC Brasil informa que a venda do HTC Desire A será feita somente pelo site Superfones, com preço sugerido de R$ 899. A empresa não tem intenção de liberar a venda desse aparelho nas operadoras, o que normalmente garante algum desconto no preço final graças à fidelidade.

Atualização às 19h46 | Alguns leitores alertaram nos comentários para o fato do HTC Desire A estar à venda no Brasil faz pelo menos 1 mês. A empresa me confirmou que o produto está sendo vendido faz algumas semanas, mas que o seu lançamento oficial só aconteceu agora.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Caio Furtado
Agora? Não, obrigado HTC.
@brunogdb
É cilada. Tem bom preço, mas o processamento e a versão do sistema é vergonhoso.
@brunofai
é Cilada Bino!
@marcoc2
To falando: http://twitter.com/#!/htcbrasil/statuses/63652204388683777 O Magic nem roda live wallpaper com a ROM oficial. O Desire A eu não sei, mas não tem esse hardware todo pra isso.
Ramon Melo
Pode até ser o melhor aparelho, mas o simples fato de ser Motorola assassina a reputação de qualquer celular. #motofail
Ramon Melo
O assunto aqui não são os impostos, mas a cara de pau da empresa de lançar esse aparelho ultrapassado por aqui. A título de comparação, a Samsung lançou o Galaxy 551 com Android 2.2 (R$699) há menos de um mês e a LG, o Optimus One, com 2.2 e atualização prometida para 2.3 (R$699) há quase 6 meses. Qual a explicação para tais companhias demorarem semanas para lançarem celulares no Brasil e a HTC demorar um ano inteiro? Só a HTC paga imposto por aqui?
Ramon Melo
Thássius, se tiver a oportunidade, avisa ao pessoal da HTC Brasil que esse lançamento foi uma piada. Se eles pedirem explicações, diga que lançar hardware fraco com software ultrapassado a preços bastante acima dos da concorrência numa loja de baixa penetração é a certeza do fracasso de qualquer produto de tecnologia no Brasil. Grato.
Breno
Isto é! =/
Felipe
Com esse preço da pra pegar um Defy rs. ¬¬ mancada hein HTC, sei lá ...eu sempre acho que nós ficamos com a sobra de tecnologia que não venderam lá fora. O pior é vir pra cá com o preço 3, 4 ou mais vezes mais alto. [email protected] isso. Vou esperar o LG P500 chegar nos 550,00 mesmo, deixa pra lá.
Tonobohn
Se procurar por Wildfire, não Desire A, acha por menos de R$ 800 (até R$ 730). Aliás, sobre a Superfones é um loja virtual bem nova no Brasil, mas até onde conheceu o pessoal de lá é bem profissional.
@AntonioVeras
Os imbecis somos nós que não cobramos das antas que elegemos.
Breno Brito
Não reclamei o preço e sim, a versão mais low-end e, principalmente, a OBSOLETA. Até porque, lá fora o Wildfire foi substituído pelo WildfireS, mantendo o mesmo preço. Já que o Wildfire é caro tanto quanto o WildfireS por causa dos impostos, por que não lançou o S?! Imposto é que não é! Vale lembrar que as outras fabricantes se esforçam pra trazer os high-end. A HTC é a única que só trás os seus piores produtos.
mozart
Já havia visto na superfone mês passado... mas por 900 compro coisa melhor.
@gui_avila
Você tem um produto que vende a $100,00 no seu país. Daí quer exportar pro Brasil e descobre que, por causa dos impostos no tal Brasil seu produto vai ter que ser vendido a $300,00. Você manda o tal Brasil à merda ou acha lindo e lança seu produto? Não tem que brigar com as empresas que não exportam pro Brasil, tem que brigar com os imbecis responsáveis por esse imposto absurdo.
JosephDiniz
Pois é... Quando vi a nota até pensei em trocar meu Galaxy 5 ( que comprei por R$ 490,00, desbloqueado) mas depois de ver as especificações acho que G5 vai ser meu companheiro por um bom tempo...
Exibir mais comentários