HTC Vive Pro traz mais pixels e tecnologia wireless para a realidade virtual

Felipe Ventura
Por
• Atualizado há 1 mês

O HTC Vive é um dos principais headsets de realidade virtual no mercado, vendendo mais que o Oculus Rift do Facebook. Ele ganhou uma versão melhorada com resolução maior, peso menor e tecnologia sem fio.

A tela do HTC Vive Pro tem resolução total de 2880×1600 pixels. É 78% a mais que no Vive original (com 2160×1200 pixels). A almofada para o rosto e o apoio para o nariz foram reprojetados, deixando entrar menos luz. O campo de visão, no entanto, segue inalterado em 110 graus.

Além disso, o headset inclui fones de ouvido embutidos, que podem ser removidos caso você queira usar outro.

Temos ainda um segundo microfone para cancelamento de ruído; uma segunda câmera externa para mapear o ambiente ao redor; e um novo apoio para a cabeça que promete melhorar o equilíbrio.

A HTC não revela o peso, mas diz que o Vive Pro é mais leve que o Vive original. Ele será lançado no primeiro trimestre, ainda sem preço definido.

Vive Wireless

E graças ao adaptador Vive Wireless, você poderá usar o Vive Pro — ou mesmo o Vive original — sem tropeçar em fios.

Vive Wireless em cima da cabeça, conectado ao HTC Vive Pro (Mashable)

O acessório fica preso acima da sua cabeça, conectado a três cabos do próprio headset (energia, USB e HDMI). Ele recebe o sinal de vídeo do seu computador através da tecnologia Intel WiGig, e tem uma bateria embutida para tudo funcionar.

A HTC agora tem três headsets de realidade virtual: o Vive original, o Vive Pro, e o Vive Focus. Este último não tem fios: ele usa um processador Snapdragon 835 e possui bateria integrada.

Com informações: HTC, Ars Technica, Mashable.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Ventura

Felipe Ventura

Ex-editor

Felipe Ventura fez graduação em Economia pela FEA-USP, e trabalha com jornalismo desde 2009. No Tecnoblog, atuou entre 2017 e 2023 como editor de notícias, ajudando a cobrir os principais fatos de tecnologia. Sua paixão pela comunicação começou em um estágio na editora Axel Springer na Alemanha. Foi repórter e editor-assistente no Gizmodo Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados