Início » Internet » Estudo relacionando Q.I. e navegadores web era falso

Estudo relacionando Q.I. e navegadores web era falso

Por
8 anos atrás

Por mais que queiramos acreditar que existe algum motivo para usuários do Internet Explorer serem mais lentos do que o resto das pessoas que navegam na web usando outros browsers, não vamos poder apoiar esse argumento no estudo divulgado pela empresa ApTiquant. Esse estudo parece ser tão verdadeiro quanto uma nota de três reais com o chupa-cabra de marca d’água.

Leitores do site da BBC News foram os primeiros a descobrir a farsa ao perceber que domínio usado pela ApTiquant havia sido registrado no mês passado, o que invalidaria a suposta alegação de um estudo similar feito no ano 2006.

Além disso, a página que lista a equipe da suposta empresa canadense de pesquisas foi criado com base em imagens de outro site, chamado CentralTest, que trata-se de uma empresa francesa. No site da ApTiquant os nomes foram trocados.

Não se sabe ainda quem ou qual empresa está por trás do golpe. Mas prevejo que o nome seja revelado em breve, dada a quantidade de pessoas e veículos que foram enganadas pela história. Eu mesmo já estou cavando nesse buraco de coelho, pra ver o quão fundo ele realmente é.

Atualização às 14:10 | O próprio site da ApTiquant foi atualizado com um aviso de que a pesquisa era realmente falsa. De acordo com a declaração, a pessoa por trás do boato só quis mesmo incentivar a troca do Internet Explorer 6 por um navegador melhor. Essa pessoa não revelou seu nome, mas pediu desculpas à CentralTest por usar fotos do seus executivos.