Arquivo Legislação

Apple publica novo pedido de desculpas em site britânico

Truque com código JavaScript "esconde" a mensagem.

Paulo Higa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Cumprindo uma decisão judicial da corte britânica, a Apple publicou um novo pedido de desculpas em seu site do Reino Unido, explicando que a Samsung não infringiu nenhuma patente de design do iPad. Dessa vez o texto e o link para o julgamento estão mais visíveis e com fontes maiores, mas a Apple não deixou barato: a página usa um pequeno truque de JavaScript para “esconder” o aviso.

Se você acessar o site britânico agora, não conseguirá ver o link para o pedido de desculpas — para isso, será necessário rolar a página para baixo. À medida que você redimensiona a janela do seu navegador, a foto do iPad Mini muda de tamanho, diminuindo a possibilidade do visitante enxergar o aviso. O vídeo abaixo, feito pelo Blog do iPhone, explica bem o que acontece:


(Vídeo do YouTube)

O layout consegue se adaptar inclusive em monitores com resoluções mais altas. Mesmo se você possuir uma tela de alta resolução ou deixar seu monitor no modo retrato, como fizemos aqui, o aviso não será exibido — a foto do iPad Mini ficará gigante e, em vez de ficar alinhada à direita, estará centralizada. Assim:

Desativando o JavaScript do navegador, a mensagem aparece sem a necessidade de rolar a página. No site americano, onde a Apple não precisa publicar sua retratação, a imagem é estática e fica sempre do mesmo tamanho, independente da resolução de tela do usuário. Segundo um usuário do Hacker News, o código foi adicionado dois dias antes do anúncio do iPad Mini e dois dias após o resultado do julgamento. O leitor Willian Max nota que a Apple usou uma técnica semelhante no lançamento do iPhone 5.

O texto completo, que também foi publicado em jornais, é o seguinte (tradução livre):

No dia 9 de julho de 2010, a Suprema Corte da Justiça da Inglaterra e do País de Gales determinou que os tablets Galaxy da Samsung Electronic (UK), especialmente o Galaxy Tab 10.1, Tab 8.9 e Tab 7.7, não infringem a patente de design de número 0000181607-0001 registrada pela Apple. Uma cópia do julgamento completo da Suprema Corte está disponível em www.bailii.org/ew/cases/EWHC/Patents/2012/1882.html.

O julgamento tem efeito em toda a União Europeia e foi mantido pela Corte de Apelações da Inglaterra e do País de Gales em 18 de outubro de 2012. Uma cópia do julgamento da Corte de Apelações está disponível em www.bailii.org/ew/cases/EWCA/Civ/2012/1339.html. Não há nenhuma ação inibitória em relação ao design registrado em vigor em toda a Europa.

Apple publica retratação em jornais, feita sob medida para ninguém notar

Com informações: CNET.

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista, com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque