Arquivo Celular

Bill Gates comenta iPad: “deveria ter uma stylus”

Juarez Lencioni Maccarini
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

A Wired fez um mockup de como poderia ser um iPad idealizado por Bill Gates

O iPad não foi exatamente um sucesso de crítica e público após seu anúncio – embora haja muita gente que veja no aparelho um potencial que talvez não salte aos olhos logo na primeira análise. Bill Gates foi perguntado o que achava do iPad pela BNET, e pelo visto, se dependesse dele, o iPad teria reconhecimento de voz, um teclado físico e uma stylus. (O primeiro item é até possível que venha no futuro, mas os outros dois, pelo que conhecemos de Steve Jobs, é melhor Bill Gates esperar sentado.)

“Vocês sabem, eu acredito muito no toque e na leitura digital, mas eu ainda acho que uma mistura de voz, caneta e um teclado de verdade – em outras palavras um netbook – será mainstream nessa área,” disse Gates. “Então não é como se eu me sentasse e e sentisse da mesma forma que me senti com o iPhone, quando disse ‘Oh meu Deus, a Microsft não mirou alto o suficiente.’ É um bom leitor, mas não há nada  no iPad que eu olhe e diga, ‘Oh, eu queria que a Microsoft tivesse feito isso.'”

Mas provavelmente o mais surpreendente nessa declaração não seja o fato de Bill Gates ter se mostrado nada impressionado pelo iPad, mas sim dele ter admitido que, de fato, ficou impressionado com o iPhone, o que já é quase tanto quanto sua esposa Melinda Gates, que declarou em março de 2009 que de vez em quando olha pra seus amigos e diz “Ooh, eu não me importaria em ter um desses iPhones.”

Juarez Lencioni Maccarini

Juarez Lencioni Maccarini é formado em engenharia de computação e trabalhou como autor no Tecnoblog entre 2009 e 2011. Durante sua passagem, produziu reviews e escreveu sobre jogos, softwares e inovação. Também colaborou com a redação do TechTudo (Editora Globo) cobrindo temas relacionados à tecnologia.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque