Arquivo Internet

Ask.com nada, mas morre na praia dos buscadores

Thássius Veloso
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Nunca fui um grande fã do Ask.com, inicialmente chamado de Ask Jeeves – lá nos primórdios da internets, você não era nem nascido. Mesmo assim, é com pesar que informo que a empresa está oficialmente desistindo do mercado de buscadores. Nos próximos meses o Ask.com inicia um plano de encerrar completamente o serviço de buscas que ele atualmente mantém.

Quem mais perde com isso são seus funcionários, baseados em duas cidades dos Estados Unidos e mais uma da China. O Ask.com avisou que está oferecendo acordos trabalhistas, bônus de fim de ano e reposicionamento profissional, mas de qualquer forma é triste ver que um número grande de engenheiros que sonham em levar o setor de buscas para a frente está no olho da rua.

A culpa do fim do Ask.com como buscador é do Google, em última instância. A empresa admitiu que não há mais como concorrer com a gigante de Mountain View, e por isso preferia realocar seus esforços para aquilo que acredita ser o verdadeiro produto que tem a oferecer: o sistema de perguntas e respostas.

Embora um serviço de perguntas e respostas dependa de algoritmos de busca e indexação, isso não é tão latente – nem tão custoso – como manter um buscador próprio. Além disso, algumas ferramentas de busca poderiam ser contratadas para fornecer tecnologia similar à que o Ask.com já desenvolveu internamente, porém por um preço melhor (ei, pessoal do Bing, é hora de entrar nessa jogada!).

RIP Ask.com.

Thássius Veloso

Ex-editor-executivo

Thássius Veloso foi editor e editor-executivo do Tecnoblog de 2008 a 2014. Liderou o noticiário e cobriu de perto os maiores acontecimentos do mercado de eletrônicos de consumo, games e serviços. É jornalista, palestrante e apresentador de tecnologia na rádio CBN e no canal de TV por assinatura GloboNews.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque