Quando você paga quase US$ 10 bilhões por um produto ou serviço, o mínimo que os acionistas esperam é a reversão desse investimento em dividendos para a empresa. E, embora os órgãos reguladores americanos ainda não tenham dado o OK para a compra do Skype, a Microsoft já sabe onde quer colocar o serviço: no Office, sua suíte de produtividade.

O presidente da divisão de negócios corporativos da MS conversou com o Seattle Times e respondeu uma das principais dúvidas de quem acompanha os recentes passos da companhia: o que ela vai fazer com o Skype? Ora, vai integrar ao Office 365, a solução de produtividade baseada na nuvem que a Microsoft lançou recentemente — e que não está disponível no mercado brasileiro.

Lync em funcionamento (imagem: divulgação)

Entre os recursos do Office 365 está o Lync, um comunicador instantâneo corporativo. Diz DelBene, o executivo em questão: “A possibilidade de conectar usuários do Lync aos usuários do Skype é uma grande oportunidade para nós”. É mesmo!

Pouco a pouco, a Microsoft poderia substituir o Lync pelo Skype, para oferecer ainda mais recursos aos usuários em um único aplicativo. Talvez até mesmo integrá-lo diretamente aos menus do Office/Office 365.

Não tenho dúvidas de que o Skype integrado ao Office e possivelmente aos serviços online da Microsoft seria uma mão na roda para usuários. E você, o que pensa sobre isso? Tenho certeza que esse pode ser o pior pesadelo para alguns leitores.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Thássius Veloso

Thássius Veloso

Editor

Thássius Veloso é jornalista especializado em tecnologia e editor do Tecnoblog. Desde 2008, participa das principais feiras de eletrônicos, TI e inovação. Na mídia, também atua como comentarista da GloboNews e da CBN, além de ser palestrante, mediador e apresentador de eventos. Já apareceu no Jornal Nacional, da TV Globo, e publicou artigos na revista Galileu e no jornal O Globo. Ganhou o Prêmio Especialistas em duas ocasiões e foi indicado diversas vezes ao Prêmio Comunique-se.

Canal Exclusivo

Relacionados