Nokia vai demitir outros 3,5 mil funcionários e fechar fábrica

Rafael Silva
Por
• Atualizado há 1 mês

Em fevereiro desse ano a Nokia fechou um acordo com a Microsoft para trazer o Windows Phone 7 aos seus aparelhos. Dois meses depois o primeiro sinal do lado negativo da reestruturação da companhia apareceu, com o corte de 4 mil empregos. Hoje a Nokia anunciou que vai demitir mais 3,5 mil funcionários, sendo 1,3 mil do setor de Location e Commerce e 2,2 mil com o fechamento de uma fábrica na Romênia.

Fábrica da Nokia na Romênia: 2,2 mil trabalhadores na rua no final do ano (Crédito: Nokia)

Mas nem tudo são más notícias: os 2,2 mil empregados romenos que trabalham na fábrica da Nokia continuarão empregados até o final do ano e devem continuar recebendo salário, mesmo sem trabalhar, até março de 2012, o que deve dar bastante tempo para eles encontrarem um novo emprego. Além do fechamento das fábricas e corte de funcionários, a Nokia também vai escolher outro CEO para a joint venture Nokia Siemens Networks, responsável por equipamentos de rede.

Com resultados financeiros abaixo do esperado, é natural que a Nokia comece a cortar gastos para se manter na ativa até a chegada dos celulares Windows Phone 7. E isso coloca ainda mais pressão nos responsáveis pelo seu desenvolvimento, já que se eles não fizerem algum sucesso a gigante finlandesa de celulares pode deixar de existir.

Mas vendo o que já “vazou” até o momento, como o Nokia Sea Ray, eu diria que as chances disso acontecer são poucas. Você não acha?

Com informações: Reuters.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Rafael Silva

Rafael Silva

Ex-autor

Rafael Silva estudou Tecnologia de Redes de Computadores e mora em São Paulo. Como redator, produziu textos sobre smartphones, games, notícias e tecnologia, além de participar dos primeiros podcasts do Tecnoblog. Foi redator no B9 e atualmente é analista de redes sociais no Greenpeace, onde desenvolve estratégias de engajamento, produz roteiros e apresenta o podcast “As Árvores Somos Nozes”.

Canal Exclusivo

Relacionados