Antivírus gratuito para Windows: veja as 5 opções mais recomendadas

Avast, AVG, Avira, Microsoft Defender são opções de antivírus grátis para instalar no computador com Windows e ter mais segurança digital contra e malwares

Felipe Freitas
Por
Malwares RAT enganam antivírus com arquivos poliglotas (imagem ilustrativa: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Teste mais recente da AV-Comparatives mostra os melhores antivírus da atualidade (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

Listamos os resultados dos antivírus gratuitos com melhores notas em 2023 para um computador com Windows. Os testes foram feitos pela AV-Comparatives, organização que avalia o desempenho de um software antivírus na detecção de malwares e outras ameaças online.

Existem diferenças entre antivírus pagos e gratuitos. As versões pagas trazem mais recursos além da proteção completa contra malware dos antivírus gratuitos. Algumas empresas ofertam VPNs, verificação avançada de possíveis sites falsos de compra e ferramentas de otimização de desempenho. Mas antivírus gratuitos já prometem segurança digital completa.

Os antivírus para Windows mais bem avaliados

O ranking de melhores antivírus foi feito pela AV-Comparatives, uma organizacão independente fundada em 1999 e que testa antivírus para sistemas, como o Windows e macOS. As escolhas foram baseadas nos testes de proteção do mundo real (Real-World Protection) e de desempenho (Performance Test), que avalia o impacto dos programas no sistema. A avaliação da AV-Comparatives foi feita entre os meses de fevereiro e abril de 2023.

Para o teste de proteção do mundo real a AV-Comparatives usou um computador com Windows 10 Pro de 64 bits rodando a versão mais recente dos programas antivírus. Já para o teste de desempenho, que avalia o impacto do software instalado no PC, a empresa montou um setup com Intel Core i3, 4 GB de memória RAM e armazenamento em SSD.

A AV-Comparatives testou 16 programas antivírus, dos quais listamos cinco com versões gratuitas. Como destaca a organização, o resultado não significa que os programas terão proteção contra todos os tipos de malwares, mas sim que eles foram eficientes em proteger o sistema contra as ameaças mais comuns.

Testes do AV-Comparatives. Linha alaranjada representa falsos positivos. Barra cinza ameaças bloqueadas (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Testes do AV-Comparatives. Linha alaranjada representa falsos positivos. Barra cinza ameaças bloqueadas (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Avast

O Avast foi um dos programas testados com melhor resposta contra os ataques e possui uma versão gratuita. Nos testes feitos pela AV-Comparatives, o antivírus bloqueou 100% dos malwares usados pela companhia. No caso de falsos positivos, o Avast registrou 7 códigos seguros como maliciosos.

A versão gratuita do Avast possui recursos básicos de segurança, como firewall, recurso de quarentena de arquivos, escaneamento de e-mails e alerta de vazamentos de dados.

AVG

O antivírus AVG teve um resultado idêntico ao Avast. Bloqueou todos os malwares usados pela AV-Comparatives e marcou 7 falsos positivos. Isso tem um motivo: o AVG é de propriedade da Avast.

E não é só nos resultados que os antivírus ficam iguais. Os recursos gratuitos da AVG são os mesmos do Avast. Na parte de desempenho, o AVG e o Avast tiveram o mesmo resultado. Os dois programas marcaram 7,7 pontos de impacto (como a AV-Comparatives chama o quesito) no teste de desempenho — quanto menor a pontuação, que vai até 40, melhor.

Avira

O Avira Prime, versão paga do Avira, bloqueou 99,6% dos ataques realizados nos testes, com falha de apenas 0,4%. Foram registrados três casos de falsos positivos. 0,4% é o bastante para que um malware perigoso invada uma máquina, mas é uma margem de erro tolerável — afinal, nenhum antivírus protegerá contra todas as ameaças existentes.

Apesar do teste ser feito com a versão paga, o desempenho da versão gratuita é o mesmo. As duas versões já foram “aprovadas” pela AV-Comparatives.

O Avira Free possui um diferencial em relação aos outros programas dessa lista: VPN gratuito para até 500 MB por mês. Ele tem ainda um programa de atualização de drivers e programas e ferramenta de otimização de desempenho.

Microsoft Defender

O antivírus da Microsoft, programa nativo do Windows, teve um dos melhores desempenhos nos testes. O Microsoft Defender bloqueou 100% das ameaças e marcou três falsos positivos. Porém, na parte de impacto no sistema, o programa marcou 30,2 pontos — liderando esse quesito.

Se você tem o Windows 10 ou 11, o antivírus já está instalado. A versão gratuita do Microsoft Defender fornece apenas proteção contra malwares, sem recursos extras como VPN ou avisos de que seu e-mail foi divulgado em algum vazamento de dados. A versão paga é incluída no pacote básico do Microsoft 365.

Panda

O Panda Free Antivirus bloqueou 99,6% dos ataques realizados nos testes, com falha de apenas 0,4%. Foram registrados três casos de falsos positivos. Como dissemos antes, uma falha de 0,4% não é grave, está dentro de uma margem tolerável.

A versão gratuita do Panda Antivirus possui o recurso básico de proteção contra malwares, mas também destaca em seu site a funcionalidade de verificação automática de USB. O Panda também apresentou os melhores resultados de desempenho, marcando 1,8 pontos na performance do sistema.

O que são falsos positivos em um antivírus?

A definição da AV-Comparatives para falsos positivos são programas bloqueados erroneamente pelos antivírus. Ou seja, quando um antivírus bloqueia um programa que não representa uma ameaça ao computador, a empresa considera um falso positivo.

Casos assim são um incômodo para a usabilidade. Quando o consumidor deseja acessar algum site ou software seguro e o antivírus bloqueia, ele pode ter dificuldade para liberar o programa.

O que é a dependência do usuário em um antivírus?

Em alguns casos, se um antivírus não tem um resultado definitivo sobre uma ameaça, ele pedirá ao usuário a autorização de liberar o acesso. Nos testes da AV-Comparatives, essas situações são consideradas como infecções ao sistema.

A empresa usa o critério de que um usuário com pouco conhecimento de cibersegurança permitirá a execução do site ou programa. A AV-Comparatives considera o risco da dúvida como um ponto negativo do antivírus.

Antivírus para Android, Linux e macOS

Os testes realizados para a AV-Comparatives levam em conta o sistema operacional Windows. Os programas listados aqui podem apresentar resultados diferentes em outros sistemas. Se você quer um antivírus para Android, Linux ou macOS, existem outras opções de programas.

Relacionados