YotaPhone 3 é o smartphone com tela frontal AMOLED e traseira de e-ink

Ele tem uma tela AMOLED de 5,5 polegadas, e outra e-ink de 5,2 polegadas

Jean Prado
Por

A linha YotaPhone consiste em smartphones comuns na frente, mas com uma tela e-ink atrás. E ela enfim ganhou mais um membro: o YotaPhone 3 foi anunciado nesta quinta-feira (24) e moderniza bastante o design em relação à geração anterior, lançada três anos.

Agora o YotaPhone 3 tem muito mais cara de smartphone comum, com direito até a um acabamento premium. A tela da frente tem 5,5 polegadas, display AMOLED e resolução 1080p; já a traseira tem a esperada tela e-ink, de 5,2 polegadas e resolução 720p.

Para você ter uma ideia da mudança, esse é o YotaPhone 2:

A tela e-ink, que consome pouca bateria e também está presente em diversos leitores de livros digitais, pode ser uma boa adição em um smartphone para quem lê bastante e não quer carregar um e-reader por aí; basta virar o celular para ter uma tela otimizada para leitura em longos períodos de tempo.

Além disso, ele tem conector USB-C, leitor de impressões digitais na frente, entrada para dois chips e Android 7.1.1 Nougat com a interface YotaOS 3.0. O processador poderia ser mais potente — é um Snapdragon 625 — mas pelo menos ele vem com 4 GB de RAM e duas opções de memória interna: 64 GB e 128 GB.

Temos ainda uma câmera traseira de 13 megapixels com flash dual-tone, câmera frontal de 12 MP e bateria de 3.300 mAh. O YotaPhone 3 tem pré-venda na China e na Rússia marcada para o dia 5 de setembro, e vai ser lançado oficialmente no dia 18 de setembro. Os preços (convertidos do rublo) variam de R$ 1.150 a R$ 1.500.

Com informações: Android Police.

Relacionados

Relacionados