Carro da Tesla lançado ao espaço pela SpaceX ultrapassa Marte

Tesla Roadster ficará em órbita e poderá cair na Terra ou em Vênus, mas só daqui um milhão de anos

André Fogaça
Por

De acordo com uma publicação na conta oficial da SpaceX no Twitter, o carro elétrico da Tesla que foi lançado ao espaço em fevereiro deste ano, com ajuda do foguete reutilizável Falcon Heavy, já passou Marte. Com o manequim Starman no volante, o Tesla Roadster vermelho fará o caminho para voltar próximo da órbita da Terra.

A publicação também comentou “Próxima parada, o restaurante no final do Universo”, que é uma referência ao Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams. Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, é grande fã da obra britânica e colocou até mesmo a frase “Don’t Panic!” no painel que fica no meio do veículo e que passou pouca coisa além de Marte, o que não deveria acontecer.

O lançamento do Roadster foi feito com o foguete reutilizável Falcon Heavy, que é o mais potente do mundo e permite o dobro da carga que o Delta IV Heavy, modelo que era o mais poderoso até então. Tudo isso com um terço do custo, já que o Delta IV Heavy é descartado após a utilização.

Mesmo passando por Marte, o objetivo do Tesla é de voltar para a Terra, o que deve acontecer somente em 2091. Depois disso, milhões de anos vagando pelo espaço, projeções afirmam que a rota de órbita do carro fará com que ele caia ou na Terra, ou em Vênus – se o Sistema Solar estiver de pé até lá.

YouTube video

Com informações: Business Insider.

André Fogaça

Ex-autor

André Fogaça é jornalista e escreve sobre tecnologia há mais de uma década. Cobriu grandes eventos nacionais e internacionais neste período, como CES, Computex, MWC e WWDC. Foi autor no Tecnoblog entre 2018 e 2021, e editor do Meio Bit, além de colecionar passagens por outros veículos especializados.

Relacionados

Relacionados