Início / Notícias / Carro /

Elon Musk demonstra primeiro túnel de testes da Boring Company para carros

Elon Musk demonstrou túnel de testes da Boring Company levando Tesla Model X a 65 km/h; objetivo é chegar a 240 km/h

Felipe Ventura

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Elon Musk realizou nesta terça-feira (18) um evento para demonstrar o túnel de testes da Boring Company que levará carros entre uma estação e outra a até 240 km/h. A ideia é criar uma rede 3D de rodovias subterrâneas para driblar o trânsito. O projeto exige que o veículo tenha rodas adicionais de até US$ 300 para atravessar a pista.

Na demonstração, um Tesla Model X foi guiado por um funcionário da Boring Company até um elevador e desceu 10 m até o túnel de testes. Ele possui 2,25 km de extensão e fica em Hawthorne, Califórnia, na sede da SpaceX.

As luzes do túnel ficaram verdes para sinalizar que o carro poderia andar nele. As pessoas que participaram do teste dizem que a viagem chegou a até 65 km/h e foi cheia de solavancos. (Era proibido gravar vídeos e tirar fotos.) Musk promete, que no futuro, os veículos poderão atingir até 240 km/h.

Túnel da Boring Company requer duas rodas adicionais

O Model X foi equipado com duas rodas adicionais para andar no túnel. Elas ficam na parte frontal e são orientadas horizontalmente para deslizar pelas paredes internas, mantendo o veículo na pista. O equipamento criado pela Boring Company é retrátil e cabe debaixo do carro. Ele custará entre US$ 200 e US$ 300, segundo Musk, e não será restrito a produtos da Tesla.

Esse equipamento será obrigatório para usar o serviço da Boring Company: antes, a empresa prometia um sistema com trenó elétrico para levar qualquer carro pelo túnel. Ela também quer que todos os veículos sejam capazes de condução autônoma para acelerar e frear de maneira mais eficiente.

O túnel tem cerca de 3,5 m de diâmetro, menor do que um metrô. Como a Boring Company aceita somente veículos elétricos — nada de motores de combustão interna — o fluxo de ar não deve ser um problema.

Musk quer rede subterrânea 3D para carros e pedestres

Musk diz que seria possível empilhar vários túneis para criar uma rede 3D, servindo como uma rodovia subterrânea. Os veículos entrariam e sairiam em pontos estratégicos. O executivo prevê pequenas “estações” ao redor de Los Angeles, com elevadores ou rampas dependendo do espaço. Ele também diz que haverá veículos para atender pedestres e ciclistas, acomodando até sete pessoas por vez.

O túnel foi feito com equipamentos proprietários, todos projetados pela Boring Company, como a tuneladora Godot. A empresa já prepara outros “tatuzões” para escavar mais áreas no futuro. Ela gastou US$ 10 milhões no túnel de testes, incluindo construção, infraestrutura interna, iluminação, sistemas de segurança e ventilação.

A Boring Company vai criar uma linha subterrânea de 27 km para ligar o centro de Chicago ao aeroporto da cidade, prometendo viagens de 12 minutos que atualmente levam mais de uma hora. “Se as coisas correrem bem, esperamos que toda a rede esteja funcionando até 2028”, disse Musk no evento. “Dez anos soam como um infinito.” O projeto tem custo estimado de US$ 1 bilhão por milha (ou US$ 620 milhões/km).

Com informações: Mashable, Ars Technica. Fotos por Boring Company.