Mozilla libera gerenciador de senhas Firefox Lockbox para Android

Gratuito, gerenciador de senhas Firefox Lockbox, da Mozilla, já estava disponível para iPhone

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 2 anos
Firefox Lockbox

Sem chamar muita atenção, a Mozilla lançou, no ano passado, o Firefox Lockbox para iOS, um gerenciador de senhas simples se comparado às opções mais conhecidas do mercado, mas com o diferencial de ser gratuito. Nesta semana, a ferramenta foi liberada oficialmente para Android.

O modo de funcionamento difere pouco ou nada da dinâmica de gerenciadores como 1Password e LastPass. A configuração também é simples. Após instalar o Firefox Lockbox, é necessário apenas criar uma conta com e-mail e senha (Firefox Account), e autorizar o aplicativo a acessar a função de preenchimento automático do Android.

A autorização vai permitir que o Firefox Lockbox preencha campos com base nos logins já registrados na ferramenta. Se o preenchimento automático falhar, é possível “copiar e colar” os dados de login com um botão próprio para isso.

De acordo com a Mozilla, as senhas são protegidas com chaves criptográficas de 256 bits. Além disso, é possível integrar o gerenciador de senhas com autenticação via impressão digital ou reconhecimento facial para desbloqueá-lo, desde que o smartphone ofereça esses recursos, obviamente.

A ferramenta funciona de modo sincronizado com as senhas guardadas no Firefox — nas versões móveis e para desktop —, como se fosse uma extensão da função de gerenciamento de logins do navegador.

Já é possível baixar o Firefox Lockbox para Android na Google Play Store. O Firefox Lockbox para iOS está disponível aqui — essa versão já teve 50 mil downloads, nas contas da Mozilla.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Relacionados