Google Meet é integrado à versão web do Gmail para uso grátis

Integração do Google Meet chega à versão web Gmail e agiliza o ingresso em chamadas de voz e vídeo pelo serviço

Bruno Gall De Blasi
Por
• Atualizado há 2 anos
Google Hangouts videochamada

O Google começou a disponibilizar uma nova do integração do Google Meet nesta semana. O recurso, que permite o ingresso em reuniões pela versão web do Gmail, ainda não está liberado para todos os usuários e chega ao público poucos dias após o anúncio da versão gratuita do serviço de chamadas de voz e vídeo corporativo.

A integração facilita o acesso ao serviço de videoconferência do Google. Com a nova extensão, é possível tanto iniciar uma nova chamada quanto participar de uma videochamada já existente do Google Meet diretamente pela barra lateral da versão web do Gmail.

A ativação do Google Meet no Gmail não requer nenhuma configuração prévia. Ainda assim, é preciso aguardar a liberação da ferramenta, já que nem todos os usuários receberam a novidade, até o momento.

Google Meet é integrado à versão web do Gmail para uso grátis

Google Meet: acesso gratuito a partir de maio

O Google anunciou, na última quarta-feira (29), o acesso gratuito ao Google Meet para quem tem conta do Google. De acordo com a companhia, o serviço de chamadas de voz e vídeo corporativo poderá ser utilizado também por usuários do Gmail a partir de maio.

A versão gratuita, porém, terá algumas restrições: serão permitidos somente até 100 participantes por conversa. Além disso, as chamadas terão limite de até 60 minutos a partir de 30 de setembro.

O Google Meet gratuito será disponibilizado aos poucos para os usuários, segundo o Google. O serviço de videoconferência poderá ser utilizado via aplicativos para Android e iOS e pela versão web.

Com informações: TechCrunch e The Verge

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi

Repórter

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Relacionados