Ryzen 5000G são os novos chips com gráficos integrados da AMD para desktops

Com CPU de até oito núcleos e gráficos Vega, APUs AMD Ryzen 5000G (Zen 3) chegam primeiro a fabricantes de PCs

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 1 ano
Chip Ryzen (imagem: divulgação/AMD)
Chip Ryzen (imagem: divulgação/AMD)

Seis meses depois de anunciar os processadores Ryzen 5000 para desktops, a AMD volta a trazer novidades para o segmento: a linha Ryzen 5000G acaba de ser lançada com seis novos chips. Todos são baseados na arquitetura Zen 3 e consistem em APUs, isto é, contam com gráficos integrados (daí o ‘G’ na denominação).

Em comum, todos os novos modelos trazem tecnologia de fabricação FinFET de 7 nanômetros da TSMC, são compatíveis com memórias DDR4 de até 3.200 MHz e suportam o padrão PCI Express 3.0 (com até 24 pistas).

Assim como os processadores Ryzen 5000, as novas APUs são baseadas no design CCX da arquitetura Zen 3. Que diferença isso faz? Na arquitetura Zen 2, o chip é formado por dois grupos de núcleos, cada um com acesso a uma quantidade específica de cache L3. Com o design CCX, o chip passa a ter uma estrutura única de núcleos, de modo que cada um deles possa ter acesso a todo o cache, característica que traz ganhos para o desempenho.

Há diferenças no TDP, porém. Os modelos identificados com a letra ‘G’ têm TDP de 65 W enquanto as versões com o sufixo ‘GE’ funcionam a 35 W e, consequentemente, oferecem frequência base menor em relação aos primeiros com a contrapartida de trabalharem com um consumo de energia reduzido.

Um detalhe que pode incomodar é o fato de as GPUs integradas dos novos chips ainda pertencerem à família Vega (e não à arquitetura RDNA 2, mais atual). A AMD destaca, porém, que o salto para 7 nanômetros permite a essas unidades gráficas alcançarem frequências de até 2.100 MHz contra o máximo de 1.400 MHz dos chips com processo de 12 nanômetros.

Sem mais delongas, estas são as novas APUs:

Núcleos / Threads Clock base / máx. Cache L3 Núcleos gráficos Clock gráfico TDP
Ryzen 7 5700G 8 / 16 3,8 / 4,6 GHz 16 MB 8 2.000 MHz 65 W
Ryzen 7 5700GE 8 / 16 3,2 / 4,6 GHz 16 MB 8 2.000 MHz 35 W
Ryzen 5 5600G 6 / 12 3,9 / 4,4 GHz 16 MB 7 1.900 MHz 65 W
Ryzen 5 5600GE 6 / 12 3,4 / 4,4 GHz 16 MB 7 1.900 MHz 35 W
Ryzen 3 5300G 4 / 8 4 / 4,2 GHz 8 MB 6 1.700 MHz 65 W
Ryzen 3 5300GE 4 / 8 3,6 / 4,2 GHz 8 MB 6 1.700 MHz 35 W

Ryzen 5000G: quando e quanto?

Com o atual cenário de escassez de semicondutores, o anúncio da série AMD Ryzen 5000G surpreende, afinal, é de se esperar que os grandes nomes do setor priorizem chips de alto desempenho e maior margem de lucro.

Mas, apesar da grata surpresa, os chips Ryzen 5000G não estarão ao alcance de todo mundo de imediato: inicialmente, lotes da linha serão oferecidos apenas a fabricantes de PCs (OEMs). A AMD planeja colocar a linha no varejo, mas isso só deve acontecer no último trimestre de 2021, quando então teremos uma noção dos preços.

Com informações: AnandTech.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Relacionados