Início / Notícias / Celular /

Samsung Galaxy S21 FE pode chegar ao Brasil sem Snapdragon 888

Escassez de chips pode fazer Samsung lançar Galaxy S21 FE com chip Exynos 2100 em alguns mercados, como o brasileiro

Emerson Alecrim

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A escassez de chips pode ter forçado a Samsung a mudar os planos para o lançamento do Galaxy S21 FE. Para começar, a companhia teria adiado o anúncio do modelo de agosto para outubro de 2021. Recentemente, surgiram informações de que, para lançar o aparelho em escala global, a companhia irá equipá-lo com um chip diferente do Snapdragon 888 em alguns mercados.

Possível Samsung Galaxy S21 FE (Imagem: Reprodução/Steve Hemmerstoffer/Voice)

Possível Samsung Galaxy S21 FE (imagem: reprodução/Steve Hemmerstoffer/Voice)

Provavelmente, a alternativa vai ser o octa-core Exynos 2100, chip de 5 nanômetros da própria Samsung que é visto justamente como um rival do Qualcomm Snapdragon 888.

Embora a Samsung não comente a situação, tudo indica que a companhia está com dificuldades para encomendar unidades do Snapdragon 888 em quantidade suficiente para o Galaxy S21 FE ter lançamento mundial.

O problema aparenta ter são sério que, na semana passada, surgiram rumores de que a companhia limitará a chegada do Galaxy S21 FE aos Estados Unidos e Europa. Ásia e América do Sul, por exemplo, ficariam de fora.

Se o Exynos 2100 for mesmo incluído nos planos da Samsung, o smartphone poderá ser lançado em mais mercados.

Não há informações sobre a estratégia de distribuição, mas fala-se que a companhia irá direcionar o Galaxy S21 FE com Snapdragon 888 aos Estados Unidos e à Europa (e, talvez, à Coreia do Sul). A versão com Exynos 2100 seria lançada nos demais países, o que incluiria o Brasil.

Essa estratégia, se adotada, não será inédita. Vale lembrar que o Galaxy S21, o Galaxy S21+ e o Galaxy S21 Ultra foram lançados em alguns países, incluindo os Estados Unidos, com o Snapdragon 888; outros mercados, como o Brasil, receberam as versões desses modelos com o Exynos 2100.

O que esperar do Galaxy S21 FE

Os rumores mais recentes sugerem que, independentemente do processador, o Galaxy S21 FE terá tela Super AMOLED de 6,5 polegadas com taxa de atualização de 120 Hz, até 8 GB de RAM e armazenamento de até 256 GB.

Câmera tripla na traseira com sensor principal de 12 megapixels, câmera frontal de 32 megapixels, bateria de 4.500 mAh com recarga de 25 W e Android 11 com interface One UI de 3.1 estão entre as demais características possíveis.

Com informações: XDA Developers, Gizmochina.

Tecnocast 187 — A crise global de chips

O aumento no consumo de eletrônicos durante a pandemia está provocando uma escassez na oferta de semicondutores. As fabricantes não estavam preparadas para atender a essa demanda e esse descompasso deve afetar o preço dos produtos nos próximos meses.

Esse é o tema do Tenocast 187. Dê play e confira!