Apple encerra vendas de mais um Mac com Intel em transição para M1

iMac de 21,5 polegadas com processador Intel é retirado do catálogo da Apple seis meses após o lançamento do iMac de 24 polegadas com Apple M1

Bruno Gall De Blasi
Por

Dando sequência à transição para a arquitetura ARM, a Apple deixou de vender o iMac de 21,5 polegadas. Na semana passada, a fabricante retirou o desktop com processador Intel de sua loja virtual do Brasil e de outros países. Com isso, a companhia manteve somente três computadores sem Apple Silicon em seu catálogo. 

Apple deixa de vender iMac de 21,5 polegadas com processador Intel (Imagem: Patrick Ward/Unsplash)
Apple deixa de vender iMac de 21,5 polegadas com processador Intel (Imagem: Patrick Ward/Unsplash)

A remoção foi relatada pelo 9to5Mac neste sábado (30). O site especializado informa que, aparentemente, o computador foi retirado do catálogo na sexta-feira (29). Para refrescar a memória, o desktop estava à venda por R$ 14,5 mil com o visual antigo da linha, 8 GB de memória RAM e processador Intel Core i5 de 7ª geração.

No lugar, o consumidor pode optar pelo novo iMac de 24 polegadas. O computador foi anunciado em abril com visual remodelado, sete opções de cores e preços a partir de R$ 17,6 mil. Além disso, o lançamento traz o processador Apple M1 em seu interior, câmera com resolução 1080p e Magic Keyboard com Touch ID.

Mas a Apple ainda comercializa Macs com processador Intel na ficha técnica. É o caso do iMac de 27 polegadas, que segue no catálogo da loja brasileira com diversas configurações e preços sugeridos a partir de R$ 24,2 mil. O catálogo ainda é composto pelo Mac Pro com Intel Xeon W e pelas opções do Mac Mini com Intel Core i5 e Core i7.

MacBook Pro com chip M1 Pro ou M1 Max tem tela com notch
MacBook Pro com chip M1 Pro ou M1 Max tem tela com notch (Imagem: Divulgação / Apple)

Apple lança MacBook Pro com Apple M1 Pro e M1 Max

A Apple apresentou a nova geração do MacBook Pro no dia 18. O notebook foi anunciado com dois tamanhos, sendo um com tela de 14 polegadas e outro com 16 polegadas. Mas a dupla compartilha características em comum, como o visual remodelado e o retorno do conector MagSafe, da porta HDMI e mais.

O mesmo é dito ao processador. O computador possui opções com dois processadores Apple Silicon (arquitetura ARM): Apple M1 Pro e Apple M1 Max. Segundo a fabricante, os chips são até quatro vezes mais rápidos que o primeiro M1. Além disso, os dois modelos têm tela mini-LED com um notch, assim como no iPhone.

Os notebooks vão custar até R$ 78 mil no Brasil.

Com informações: 9to5Mac e Internet Archive