Mercado Livre abre armazém para agilizar entregas de TVs, geladeiras e mais

Black Friday do Mercado Livre será impulsionada com abertura de novo centro de distribuição focado na entrega de eletrodomésticos e TVs acima de 50 polegadas

Pedro Knoth
Por

De olho na Black Friday, que se aproxima cada vez mais no calendário, o Mercado Livre inaugurou nesta quarta-feira (17) seu sétimo centro de distribuição (CD) em operação no Brasil. Localizado em Franco da Rocha, no interior paulista, o armazém foca em produtos pesados, incluindo linha branca e TVs acima de 50 polegadas, e deve ajudar a agilizar entregas destes itens na região.

O Mercado Livre inaugurou o novo centro de distribuição no mês mais quente do varejo brasileiro. E a instalação já deve ter um impacto positivo nas ofertas de Black Friday da varejista, segundo um comunicado da própria empresa. O novo CD vai armazenar, entre outros itens de grande porte:

  • TVs acima de 50 polegadas
  • Máquinas de lavar
  • Geladeiras
  • Fogões
  • Fornos

Fernando Yunes, Vice-presidente Sênior do Mercado Livre no Brasil, conta que CD em Franco da Rocha deve suprir as necessidades dos clientes não só durante a Black Friday, mas também toda a demanda da segunda quinzena de novembro. O executivo afirma que vendas de eletrodomésticos e equipamentos de tecnologia aumentam nessa época, e completou:

“É um momento bastante favorável para reforçarmos nossos envios, que são os mais rápidos do Brasil, somando agora a comodidade de entrega agendada para os produtos armazenados no CAD Franco da Rocha.”

Armazém faz parte de investimentos da varejista no Brasil

A abertura da nova instalação está contemplada no pacote de R$ 10 bilhões em investimentos destinados à operação do Mercado Livre no Brasil em 2021. O foco desse valor é a melhoria na malha logística e serviços de tecnologia financeira, como o serviço realizado pela instituição de pagamentos da empresa, o Mercado Pago.

Para a varejista, esse investimento em logística se reflete no novo CD, dedicado a produtos de linha branca, que são mais difíceis de transportar. Esse tipo de aparelho requer uma operação mais específica, mas que eleva a operação do Mercado Livre a um “patamar que ainda não havíamos visitado”, segundo Yunes. Ele acrescenta que a satisfação do cliente com a empresa atingiu um nível “histórico”.

O novo centro de distribuição está entre os maiores do Mercado Livre, com 800 mil metros quadrados e uma capacidade de inventário de 200 mil produtos. A varejista ainda avisa que um oitavo CD deve ser inaugurado em 2022, em Belo Horizonte (MG).

Amazon inaugurou CD no Nordeste

Recentemente, outra varejista que inaugurou um CD próprio foi a Amazon. A instalação, que fica no Ceará, deve atender clientes do Nordeste e é estratégica para a empresa norte-americana competir com concorrentes locais, como Americanas e Magazine Luiza.

O CD aberto no final de outubro é o terceiro da Amazon no Nordeste, e deve ajudar a empresa a aumentar vendas durante o final de ano. A empresa também anunciou recentemente que vai abrir seu primeiro armazém no Rio de Janeiro, criando mil vagas de emprego no processo.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Pedro Knoth

Pedro Knoth

Ex-autor

Pedro Knoth é jornalista e cursa pós-graduação em jornalismo investigativo pelo IDP, de Brasília. Foi autor no Tecnoblog cobrindo assuntos relacionados à legislação, empresas de tecnologia, dados e finanças entre 2021 e 2022. É usuário ávido de iPhone e Mac, e também estuda Python.

Relacionados