Nova operadora deverá levar sinal em 4G para 36 mil km de estradas

Winity II foi vencedora da faixa de 700 MHz e deverá construir rede 4G em rodovias federais; cobertura deverá ser oferecida para usuários de outras operadoras

Lucas Braga
Por

Um dos compromissos estipulados pelo leilão do 5G era a cobertura de celular nas estradas. A Winity II, compradora da faixa de 700 MHz, terá obrigação de construir uma rede de telefonia móvel com tecnologia 4G que esteja disponível em 35,7 mil km de rodovias federais. A região Nordeste será a principal beneficiada com mais de 11 mil km de cobertura.

Torre de telefonia celular. Foto: Lucas Braga/Tecnoblog
Torre de telefonia celular (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

A quantidade de trechos cobertos aumentou em relação ao que era proposto no edital, que exigia cobertura em 31,4 mil km. Isso acontece porque parte do ágio de R$ 1,2 bilhão foi convertido em novos compromissos.

O estado que receberá maior parte da cobertura é Minas Gerais, com cerca de 4,5 mil km a serem atendidos com 4G. Ao falar de regiões, o Nordeste será o principal beneficiado com rede para 11,2 mil km, seguido por Centro-Oeste (7,5 mil km), Norte (7,2 mil km), Sudeste (5,2 mil km) e Sul (4,4 mil km).

De acordo com o Ministério das Comunicações, o sinal deve atender algumas rodovias importantes como a BR-116, BR-101 (Litorânea), BR-163 e BR-230 (Transamazônica). Os compromissos estipulam que pelo menos 10% das estradas estejam cobertas até dezembro de 2023, com metas progressivas até atingir 100% dos trechos em 31 de dezembro de 2029.

Mas quem é Winity II?

Pois é, a cobertura em estradas não será feita por grandes operadoras como Claro, TIM, Vivo ou Oi. O compromisso de expandir o sinal nas rodovias está atrelado a faixa nacional de 700 MHz, e compradora desse espectro foi a Winity II. Isso configura a empresa como a quinta operadora com alcance nacional.

A empresa já atua no mercado como provedora de infraestrutura e lançará sua própria rede móvel a nível nacional. No entanto, o modelo de negócios da Winity II é diferente das teles tradicionais: ela não deve atender consumidores finais, mas sim outras operadoras que poderão alugar sua rede.

Essa rede será muito importante para as novas operadoras que compraram licenças no leilão do 5G, uma vez que a rede de 700 MHz da Winity permitirá que essas empresas também tenham sinal em 4G.

Mas mesmo clientes da Claro, Oi, TIM e outras operadoras poderão se beneficiar da cobertura da Winity II nas rodovias. Faz parte das obrigações disponibilizar o sinal de dados e voz das estradas para usuários visitantes de outras operadoras, exceto nas regiões já atendidas pela tele principal.

Trechos que receberão 4G nas estradas (por estado)

Estado/UFCobertura em estradas
Acre1.013,2 km
Alagoas318,9 km
Amazonas690,9 km
Amapá408,4 km
Bahia4.002,1 km
Ceará1.256,8 km
Distrito Federal19,4 km
Espírito Santo374,1 km
Goiás1.663,7 km
Maranhão2.135,1 km
Minas Gerais4.520,3 km
Mato Grosso do Sul2.643 km
Mato Grosso3.206,4 km
Pará1.939,7 km
Paraíba487,8 km
Pernambuco935 km
Piauí1.435,4 km
Paraná1.292,5 km
Rio de Janeiro254,1 km
Rio Grande do Norte574,7 km
Rondônia1.351,5 km
Roraima846.5 km
Rio Grande do Sul2.272,5 km
Santa Catarina881,5 km
Sergipe77,6 km
São Paulo136,8 km
Tocantins1.046,5 km
Quantidade de trechos que devem ter cobertura 4G até dezembro de 2029