Início / Notícias / Jogos /

Fiasco do Cyberpunk 2077 vai custar menos de US$ 2 mi à CD Projekt Red

Cyberpunk 2077 ainda gera problemas para a produtora, por mais que o valor de um novo prejuízo seja menor do que o esperado

Felipe Vinha

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Mesmo após um ano, os problemas com Cyberpunk 2077 continuam causando dor de cabeça para a CD Projekt Red, sua produtora, ainda que em “menor” escopo. O lançamento problemático do jogo agora deve custar um pouco menos de US$ 2 milhões ao estúdio, após um acordo judicial concluído nos últimos dias, de acordo com relatos obtidos pelo site The Verge.

Cyberpunk 2077 já resolveu problemas técnicos, mas não no mundo real (Imagem: Divulgação/CDPR)

O acordo envolve negociações com partes jurídicas que representaram processos contra a CDPR e o órgãos do estado da Califórnia, nos EUA. O valor mais aproximado seria de US$ 1,8 milhão, descontando eventuais gastos extras.

Ainda de acordo com o The Verge, o valor representa quatro ações separadas, mas combinadas em uma – provavelmente por se tratar de um mesmo assunto, envolvendo acusações de que a companhia teria enganado acionistas sobre o lançamento e a qualidade do jogo. O site não soube esclarecer, porém, o motivo que levou o valor das quatro ações combinadas ser tão “baixo”, considerando o escopo do caso.

Por mais que o jogo continue sendo vendido normalmente e tenha recebido algum destaque – até mesmo uma indicação a RPG do ano no The Game Awards – a reputação da CDPR não saiu ilesa. As ações da empresa caíram em 54% desde o ano passado, quando o game chegou ao mercado e tudo foi pelos ares.

Ainda há futuro para Cyberpunk?

A CDPR passou o ano de 2021 quase inteiro corrigindo problemas graves encontrados nas versões de console de Cyberpunk 2077, principalmente. A empresa chegou a adiar o lançamento das edições de nova geração, que originalmente foram prometidas para este ano.

Isso quer dizer que Cyberpunk 2077 não tenha futuro? Ainda é cedo para cravar, mas espera-se que a CDPR produza mais lançamentos neste mesmo universo, como continuações e spin-offs, ou que ao menos as edições de nova geração superem qualquer problema ou trauma gerado com o lançamento original – isso se saírem, de fato.

Com informações: The Verge.