Início / Notícias / Internet /

Trump de volta ao Twitter? Elon Musk defende “liberdade de expressão” na rede

Com Elon Musk comprando o Twitter e defendendo a liberdade de expressão, usuários especulam que a conta oficial de Donald Trump possa ser reativada

Bruno Ignacio

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Nesta segunda-feira (25), Elon Musk finalmente fechou um acordo para comprar o Twitter por US$ 44 bilhões. No entanto, pouco antes do anúncio oficial da rede social, o bilionário e CEO da Tesla postou um tweet dizendo que espera que mesmo seus “piores críticos” permaneçam na plataforma, defendendo a liberdade de expressão. Agora, usuários já começam a especular a volta do perfil do ex-presidente dos EUA Donald Trump.

Donald Trump (Imagem: Gage Skidmore/Flickr)
Donald Trump (Imagem: Gage Skidmore/Flickr)

A conta oficial @realDonaldTrump foi permanentemente suspensa em janeiro de 2021 por “incitar a violência” através do Twitter. Na época, o ex-presidente dos Estados Unidos, na iminência de sua saída da Casa Branca, chamou centenas de apoiadores que invadiram o Capitólio americano de “patriotas”. Na ocasião, quatro civis e um policial morreram devido ao confronto com autoridades.

Trump recebeu um ultimato do Twitter e foi bloqueado por 12 horas. No entanto, ele continuou com os tweets que, segundo a rede social, “incitavam a violência” diante dos “horríveis acontecimentos” que ocorreram naquela semana. O resultado foi o banimento permanente da conta oficial do ex-presidente dos Estados Unidos.

No entanto, agora que Elon Musk comprou o Twitter por US$ 44 bilhões, pagando US$ 54,20 por ação da companhia e a retirando da bolsa de valores, as coisas poderiam mudar. Toda a empreitada do CEO da Tesla e da SpaceX ocorreu, supostamente, para que ele pudesse “garantir a liberdade de expressão” na plataforma.

Um pouco mais cedo nesta tarde de segunda-feira, Musk tweetou:

“Espero que até meus piores críticos permaneçam no Twitter, porque é isso que significa liberdade de expressão”

Elon Musk

Trump não voltará ao Twitter mesmo com conta ativa

Não demorou para que o retorno de Trump à rede social se tornasse uma grande discussão no Twitter. Afinal, Musk poderia muito bem estar se referindo ao ex-presidente dos Estados Unidos, que foi banido permanentemente por seus posicionamentos polêmicos.

No entanto, mesmo antes do anúncio da compra da rede social, Trump disse hoje à Fox News que não retornará à plataforma, mesmo que sua conta seja restabelecida após Elon Musk adquirir o Twitter. Ele também reforçou que se juntará formalmente à sua própria startup e rede social, a Truth Social, nos próximos sete dias, conforme planejado.

“Não vou ao Twitter, vou ficar na Truth”, disse Trump. “Espero que Elon compre o Twitter porque ele fará melhorias nele e ele é um bom homem, mas vou ficar na Truth”.

Com informações: Fox News,