Notícias Aplicativos e Software

Plano do Disney+ com anúncios chega este ano e pode inspirar Netflix

Disney+ irá exibir apenas quatro minutos de comerciais durante filmes e séries com até uma hora de duração; anúncios serão bloqueados em perfis infantis

Murilo Tunholi
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Disney+ vai estrear um novo plano com anúncios em breve. Para reduzir o preço da mensalidade, mas sem atrapalhar demais a experiência dos usuários, o serviço irá exibir apenas quatro minutos de propagandas durante filmes e séries com até uma hora de duração, exceto em perfis infantis. Essa informação foi obtida pela Variety e pelo The Wall Street Journal.

Disney+ no celular
Disney+ no celular (Imagem: Mika Baumeister/Unsplash)

Em comunicado enviado à imprensa, a Disney ainda afirmou que nenhum conteúdo voltado para crianças terá anúncios, pelo menos por enquanto. Assim, o Disney+ será o serviço de streaming com menos propagandas em relação aos principais competidores do mercado.

O HBO Max, por exemplo, também promete somente quatro minutos de anúncios por hora, mas permite a veiculação de propagandas em conteúdos infantis. Enquanto isso, o Peacock, da NBC, mostra cinco minutos de comerciais a cada hora. Já o Hulu — de propriedade da Disney — exibe de nove a 12 minutos de anúncios por hora.

Segundo a Disney, os comerciais veiculados no Disney+ estarão de acordo com a “imagem amigável e familiar da empresa”. Isso significa que não serão tolerados anúncios voltados apenas para adultos, como produtos alcoólicos e política, nem propagandas de serviços oferecidos por concorrentes da plataforma.

A Variety informou que a Disney vai remover os anúncios de todos os shows, caso o usuário use um perfil classificado como infantil para navegar pela plataforma. Caso utilize um perfil adulto, os comerciais serão bloqueados de forma automática em conteúdos voltados para crianças.

Ainda não há uma data exata para o lançamento do plano com anúncios do Disney+. Contudo, a Disney pretende estrear a nova assinatura ainda este ano.

Netflix também pretende lançar plano com anúncios

O Disney+ anunciou seu plano com anúncios no início de março deste ano. Por ser mais barata, a assinatura visa atrair novos usuários para a plataforma. Vale mencionar que a Disney quer alcançar entre 230 milhões e 260 milhões de assinantes até 2024 — meta ousada, considerando o excesso de concorrentes no mercado.

A estratégia de criar um plano mais barato pode beneficiar outros serviços de streaming, como a própria Netflix. Apesar de ser, hoje, a plataforma com mais assinantes, ela está não só perdendo audiência, como também cancelando mais produções que o normal e demitindo funcionários em massa para reduzir custos.

Além de ter a mensalidade mais cara em relação aos rivais, a Netflix quer criar uma taxa para permitir o compartilhamento de contas entre usuários. Segundo a empresa, o número de assinantes está caindo desde o primeiro trimestre de 2022, porque há muitos usuários dividindo seus perfis.

Para a empresa, essas pessoas que usam contas compartilhadas estariam causando prejuízo, pois elas poderiam ser assinantes individuais. Entretanto, os indivíduos têm a opção de não pagar nada — pelo menos não diretamente à plataforma — e continuar acessando todo o catálogo sem problemas.

Com um plano mais barato, porém com anúncios, a Netflix pode atrair esses usuários que não podem ou não querem pagar os preços elevados das mensalidades tradicionais. Vale mencionar que, em todos os países, o plano “Padrão” da Netflix (R$ 39,90 no Brasil) é mais caro que todas as outras plataformas disponíveis.

Com informações: The Verge, TechCrunch.

Murilo Tunholi

Jornalista, atua como repórter de videogames e tecnologia desde 2018. Tem experiência em analisar jogos e hardware, assim como em cobrir eventos e torneios de esports. Antes do Tecnoblog, passou pela Editora Globo (TechTudo) e Mosaico (Buscapé/Zoom). É apaixonado por gastronomia, informática, música e Pokémon. Já cursou Química, mas pendurou o jaleco para realizar o sonho de trabalhar com games.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque