Bateria inchada parece ser um novo problema nos celulares da Samsung

Youtuber britânico descobriu o inchaço em diversos modelos, mas o pior é haver celulares de menos de três anos com esse problema

Ricardo Syozi
Por

Celulares antigos com problemas de bateria não é novidade. Dificuldade na recarga ou inchaço são questões comuns, mas com o passar dos anos, as empresas têm melhorado seus produtos nesses quesitos. No entanto, parece que a Samsung ainda está longe de oferecer a qualidade esperada. Um youtuber chamado Mrwhosetheboss relatou que diversos smartphones em seu depósito estão com as baterias inchadas, todos eles da marca da sul-coreana.

Bateria do Galaxy S21+ (Imagem: Reprodução/Anatel)
Bateria do Galaxy S21+ (Imagem: Reprodução/Anatel)

No vídeo de 10 minutos divulgado pelo youtuber também conhecido como Arun Maini, ele aponta que o inchaço nas baterias foi forte, basicamente dividindo os smartphones em dois. Aparelhos como o Galaxy Note 8 de 2017, S6 de 2015, o S10 de 2019 e o S20 FE de 2020 tiveram exatamente a mesma falha.

A primeira reação do apresentador foi a de culpar uma onda de calor recente no Reino Unido, contudo, ele logo percebeu que outros celulares como iPhone, Google Pixel e Asus não sofreram da mesma situação. Todos são guardados no mesmo ambiente, com a mesma temperatura e condições.

Assim, Mrwhosetheboss foi às redes sociais e descobriu que isso está acontecendo com outros usuários. Basicamente, muitos aparelhos da Samsung de poucos anos atrás estão com problemas de inchaço. Modelos como os dobráveis também não escaparam dessa, apresentando defeitos idênticos dos outros smartphones da marca.

Ou seja, aparentemente, a empresa está novamente com uma dor de cabeça relacionada às suas baterias. É claro que não é algo tão grave como as explosões do Galaxy Note 7 em 2016, mas é algo a ser conferido de perto pela companhia.

YouTube video

Youtuber ainda aguarda retorno da Samsung

Após suas descobertas, o youtuber fez uma postagem no Twitter, a qual recebeu uma resposta da fabricante. Na troca de e-mails, a companhia sul-coreana afirmou levar muito a sério esse tipo de questão. Além disso, ela pediu para averiguar os aparelhos.

Mrwhosetheboss questionou quando receberia um retorno, se teria os celulares de volta ou se eles seriam trocados, porém, a empresa não definiu uma data para nenhuma dessas opções.

Mais de 50 dias após o início do contato e do envio dos smartphones, a Samsung ainda não ofereceu um feedback para o produtor de conteúdo.

Com informações: Android Police.

Relacionados

Relacionados