Android 14 poderá bloquear apps que visam versões desatualizadas do SO

Novidade tem como objetivo impedir a distribuição de malware; nova versão do sistema operacional do Google chega no terceiro trimestre de 2023

Ricardo Syozi
Por

De acordo com uma alteração nas diretrizes, o Android 14 deverá a bloquear a instalação de aplicativos que visam versões desatualizadas do sistema operacional do Google. O objetivo seria o de diminuir as chances de malware chegar ao dispositivo do usuário. Essa mudança vai deixar os requerimentos de API mais restritos, impedindo que pessoas adicionem manualmente apps antigos via arquivo APK, por exemplo.

Robô mascote do Android
Android (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

As diretrizes do Google direcionam os desenvolvedores de apps a sempre manterem seus produtos atualizados para seguirem as seguranças e usarem os recursos mais recentes da plataforma. Isto é, há um mínimo de nível API requerido para quem quer liberar seu software na Play Store.

A novidade do Android 14 foi apresentada em uma mudança de código. Ela bloquearia totalmente a instalação de aplicativos desatualizados, seja por meio de arquivos APK ou por conteúdos datados, mas que o usuário “já instalou previamente”.

Ao que tudo indica, o impedimento vai ocorrer especificamente para programas que visam versões mais antigas do SO. No entanto, o Google planeja aumentar isso progressivamente, alcançando o Android 6.0 (também chamado de marshmallow) eventualmente.

Está claro que a intenção aqui é a de impedir a disseminação de malware. Isso porque é comum se deparar com aplicativos que entregam esse tipo de vírus e são focados em versões antigas do Android para contornar a segurança.

A partir do momento que a gigante de buscas bloqueia essa possibilidade, as chances de contaminação ficam menores.

Play Store
Play Store (Imagem: Reprodução / Internet)

Android 14 poderá ter suporte a NTFS

Com o lançamento previsto para o terceiro trimestre de 2023, a nova versão do sistema operacional de dispositivos móveis do Google deverá trazer recursos interessantes.

Um deles é a possibilidade de oferecer suporte nativo ao padrão do Windows. Dessa forma, seria possível utilizar pen drives ou HD externos com partições montadas em NTFS no Android 14, ou seja, no celular. Essa novidade seria de grande valia para os usuários, especialmente para aqueles que possuem grandes quantidades de arquivos.

Outro recurso que seria bem-vindo é uma forma de atualização OTA (over-the-air) que poderia criar uma nova autoridade de certificação no smartphone. Assim, aparelhos de porta de entrada teriam sua capacidade de conexão à internet estendida, aumentando sua vida útil.

É claro que até o lançamento oficial do Android 14, muita coisa deve acontecer, trazendo novos burburinhos e chamando a atenção dos usuários.

O que você gostaria de ver de novo no sistema operacional?

Com informações: 9to5Google.

Relacionados

Relacionados