Como bloquear um celular roubado ou perdido

Tutorial mostra como bloquear seu iPhone ou Android, seja ele um celular Samsung, Xiaomi, Motorola ou de outra marca; medida ajuda a proteger dados pessoais

Bruno Gall De Blasi Ana Marques
Por e

Bloquear um celular roubado ou perdido é importante para proteger credenciais de apps, dados de contas bancárias, além de outras informações sensíveis. Veja, a seguir, o passo a passo para fazer o bloqueio de um celular Android ou iPhone, usando ferramentas nativas de ambos os sistemas operacionais, além da sua conta Google ou Apple ID.

Saiba como bloquear um celular roubado ou perdido (Imagem: Adrien/Unsplash)
Saiba como bloquear um celular roubado ou perdido (Imagem: Adrien/Unsplash)

⚠️ Atenção!

Não realize o bloqueio do IMEI antes de solicitar o bloqueio do celular, do contrário, o telefone não poderá se conectar a uma rede móvel. Veja a explicação completa no final deste artigo.

Como bloquear um celular Android roubado ou perdido

Veja, abaixo, as alternativas do Google, Samsung e Xiaomi para bloquear um celular com sistema operacional Android.

Pelo Encontre Meu Dispositivo (Google)

Se você tinha uma conta Google associada ao telefone Android que deseja bloquear, é provável que a opção de rastreamento pelo Encontre Meu Dispositivo esteja habilitada. Esse procedimento deve funcionar para qualquer marca, atendendo a celulares Motorola, Galaxy, Xiaomi e outros. Veja como usar o recurso:

  1. Acesse o site Encontre Meu Dispositivo (google.com/android/find) pelo navegador.
  2. Faça o login com a sua conta Google vinculada ao smartphone roubado.
  3. Escolha o seu celular na lista de aparelhos.
  4. Clique em “Proteger dispositivo”.
    Aperte em "Proteger dispositivo" (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
  5. Se quiser, escreva uma mensagem de recuperação e/ou um número de telefone para que qualquer pessoa possa entrar em contato.
  6. Clique em “Proteger dispositivo” para concluir o bloqueio.
    Clique em "Proteger dispositivo" para concluir o bloqueio (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

O bloqueio do celular é efetivado imediatamente quando há acesso à internet. Se o smartphone estiver offline, será necessário esperar uma conexão para que o comando seja recebido.

Vale ressaltar que, após o bloqueio do aparelho pelo Encontre Meu Dispositivo, ainda será possível saber sua localização de maneira remota.

Pelo Samsung Find My Mobile

A Samsung tem uma solução própria para rastrear celulares e outros produtos Galaxy. Com essa alternativa, os usuários podem criar uma senha remotamente para bloquear o aparelho. Veja como bloquear um smartphone pelo Find My Mobile no passo a passo a seguir:

  1. Acesse o Find My Mobile (findmymobile.samsung.com) com a mesma conta Samsung vinculada ao celular.
  2. Selecione o dispositivo que você deseja bloquear.
    Escolha um dispositivo na lateral esquerda (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
  3. Clique em “Bloquear”, no menu que aparece à direita da tela.
    Clique em "Bloquear" (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
  4. Pressione a opção “Avançar”.
    Aperte em "Avançar" (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
  5. Crie um código para fazer o bloqueio de tela remotamente e, se preferir, inclua um contato de emergência.
  6. Aperte em “Bloquear” para finalizar.
    Aperte em "Bloquear" para finalizar (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Ao bloquear um smartphone Galaxy pela plataforma da Samsung, você suspende os cartões de crédito e débito do Samsung Pay. Além disso, o botão para desligar o aparelho será desabilitado.

Outra opção é ativar o modo de economia remotamente para prolongar a duração da bateria. Conheça, em detalhes, todas as funções do Samsung Find My Mobile.

Pela Xiaomi Cloud

A Xiaomi também disponibiliza uma alternativa ao Encontre Meu Dispositivo. Com a ferramenta, é possível rastrear dispositivos pela Mi Cloud. Assim como as plataformas mencionadas anteriormente, a solução da fabricante chinesa permite bloquear o acesso indevido ao smartphone perdido. Saiba como usá-la:

  1. Acesse a Xiaomi Cloud (i.mi.com) e entre na sua conta.
    Lembre-se de fazer o login mesma conta vinculada ao aparelho roubado ou perdido.
  2. Escolha a opção “Encontrar dispositivo”.
    Entre no rastreador de dispositivos da Xiaomi (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
  3. Selecione o dispositivo desejado.
  4. Clique em “Modo perdido”.
    Na Mi Cloud, clique em "Modo perdido" (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
  5. Confirme o bloqueio em “Mudar para Modo perdido”.
    Confirme o bloqueio em "Mudar para Modo perdido" (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Após o procedimento, o celular vai acionar a tela de bloqueio para impedir que outras pessoas acessem seus dados pessoais, aplicativos de bancos e afins.

Como bloquear um iPhone roubado ou perdido

A Apple tem sua própria solução para bloquear um iPhone roubado ou perdido. Para isto, basta acionar o Modo Perdido, que impede o acesso ao celular e ainda disponibiliza informações na tela de bloqueio para entrarem em contato com o proprietário, caso o aparelho seja encontrado.

Saiba como acionar a função no passo a passo a seguir:

  1. Acesse o Buscar pelo iCloud.com.
  2. Escolha o aparelho celular ou item perdido que você deseja encontrar.
  3. Na janela flutuante sobre o mapa, clique na opção “Modo perdido”.
    Clique na opção "Modo perdido" (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
  4. Se quiser, digite um número de telefone ou celular que será apresentado na tela de bloqueio.
  5. Clique em “Seguinte”.
  6. Se quiser, escreva uma mensagem que será exibida na tela de bloqueio.
  7. Aperte em “OK” para concluir.

O celular da Apple é bloqueado imediatamente, caso tenha conexão com a internet, impedindo o acesso à tela inicial do iOS e a outros dados.

O uso dos cartões do Apple Pay também será impedido ao ativar o modo perdido.

Posso bloquear um celular desligado?

Se o celular roubado ou perdido estiver desligado, você pode enviar a solicitação de bloqueio remotamente pelas plataformas de rastreamento da Apple, Google, Samsung e Xiaomi. Neste caso, o smartphone será bloqueado assim que for ligado novamente. Mas, para que isso aconteça, é preciso que o dispositivo esteja conectado à internet.

Meu celular não aparece nas plataformas do Google ou Apple. E agora?

O primeiro passo é verificar se você está usando a mesma conta registrada no aparelho. Por exemplo, se você usou um e-mail no seu iPhone, mas está tentando entrar com outro perfil do iCloud, o smartphone não será apresentado no Buscar. O mesmo acontece com os dispositivos Android.

Caso você esteja usando a mesma conta, e o aparelho continua indisponível, então será preciso recorrer a outros métodos. É possível bloquear o chip do celular, que impede o uso da sua linha por terceiros, e o registrar um boletim de ocorrência. Veja um guia completo sobre o que fazer se o seu celular foi roubado.

iPhone e outros celulares podem ser desbloqueados posteriormente (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
iPhone e outros celulares podem ser desbloqueados posteriormente (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

É possível desbloquear o celular posteriormente?

Você pode desbloquear o smartphone Android ou iPhone após encontrá-lo. Para isto, com o celular em mãos, basta digitar o código de acesso e seguir as instruções informadas na tela.

No caso do iPhone, será preciso abrir o rastreador, na versão web do iCloud ou no app Buscar, para desligar o Modo Perdido e deixar de receber os relatórios de localização no e-mail.

E se eu bloquear o IMEI de um celular roubado?

Muita gente confunde os dois procedimentos, mas, em termos práticos, bloquear o celular roubado é diferente de bloquear o código IMEI.

Ao bloquear o IMEI junto à operadora de telefonia, o dispositivo deixa de se conectar a redes móveis. Isso ajuda a impedir que outra pessoa utilize o smartphone normalmente e visa coibir práticas criminosas.

No entanto, o bloqueio do IMEI pode atrapalhar a busca pelo celular perdido, pois o dispositivo deixará de ter acesso à internet pelo 2G, 3G, 4G ou 5G, seja um chip da Claro, Vivo ou TIM. Para mantê-lo online novamente, será preciso se conectar a uma rede Wi-Fi.

Celular com código *#06# inserido no discador
*#06# é o código universal para descobrir o IMEI de um celular (Imagem: Lucas Braga / Tecnoblog)

O bloqueio do celular, por outro lado, ajuda a manter a segurança de informações pessoais — como as senhas de acesso a banco e a redes sociais, que estão geralmente armazenadas no aparelho.

Esse procedimento pode evitar golpes, inclusive aqueles que envolvem o Pix — um levantamento da empresa de cibersegurança PSafe descobriu que esse tipo de ameça cresceu 350% entre abril e maio de 2022.

Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Ana Marques

Gerente de Conteúdo

Ana Marques é jornalista e trabalha com tecnologia há 6 anos. Formada pela UFRJ, já passou pelo TechTudo (Globo) e pelo hub de conteúdo do Zoom, onde cobriu eventos nacionais e internacionais, analisando celulares, fones e outros eletrônicos. Em 2019, iniciou a coluna semanal "Vida Digital" no site da revista Seleções (Reader's Digest). Antes disso tudo, cursou Farmácia e fundou uma banda de rock.

Relacionados

Relacionados