Como bloquear o IMEI de um celular na operadora

Dificulte a utilização do smartphone: aprenda como bloquear o IMEI de um celular roubado ou perdido na Claro, TIM, Vivo e Correios Celular

Lucas Braga Ana Marques
Por e

Bloquear o IMEI de um celular é uma das soluções para restringir o uso do seu smartphone por terceiros em caso de perda, roubo ou furto. Esse é um dos procedimentos que deve ser realizado imediatamente após dar falta do seu dispositivo, mas não o único: a restrição apenas inibe a captação de sinal da operadora; para bloquear o uso completo do telefone, é necessário acionar outros mecanismos.

Como bloquear o IMEI do celular. (Imagem: Priscilla Du Preez/Unsplash)
Celular em mãos. (Imagem: Priscilla Du Preez/Unsplash)

O bloqueio de IMEI (International Mobile Equipment Identity) é realizado pelas operadoras de celular, que colocam o identificador do celular na lista nacional de bloqueio e impedem a autenticação nas suas redes. A restrição pode ser revertida caso o celular seja recuperado.

O procedimento pode ser solicitado diretamente às teles, mas algumas delegacias de polícia também estão aptas a bloquear o aparelho roubado ao registrar uma ocorrência.

Tenha o IMEI em mãos!

Antes de continuar, é importante ter em mãos o número de IMEI do aparelho roubado ou perdido. Se você não tem esse código, veja nosso artigo de como descobrir o IMEI de um celular.

Documentos necessários para bloquear IMEI

Para fazer o bloqueio, é necessário ter em mãos o código IMEI, composto por 15 dígitos. Caso o celular tenha suporte a dois chips, ele terá dois códigos únicos.

Não é preciso ter nota fiscal do aparelho ou ocorrência policial para bloquear o IMEI do celular — basta que o titular do plano de celular entre em contato com a central de atendimento de sua operadora e solicite a restrição.

Delegacias da Polícia Civil de alguns estados também estão aptas a bloquear celulares perdidos ou roubados. Nesse caso, é importante ter algum documento de identidade para registrar o boletim de ocorrência.

Para qual número ligar para bloquear IMEI?

É necessário ligar para sua operadora para solicitar o bloqueio da linha e do aparelho celular. Confira abaixo os canais de atendimento das principais teles:

  • Claro: 1052 (clientes Combo Multi devem ligar para 0800 72 36 626)
  • TIM: 1058
  • Vivo: 1058
  • Algar: 1055
  • Correios Celular: 10543

O bloqueio deve ser solicitado pelo dono da linha telefônica. Se o aparelho em questão suporta dois chips (incluindo modelos com eSIM), é importante informar os dois IMEIs; caso contrário, o celular continuará funcionando parcialmente.

Posso bloquear o IMEI do celular online?

Se você mora em Minas Gerais, é possível solicitar o bloqueio de IMEI online no portal Cbloc (Central de Bloqueio de Celulares). Ainda não existem soluções similares para outros estados.

MG tem site para bloquear aparelhos roubados ou furtados
MG tem site para bloquear aparelhos roubados ou furtados (Imagem: Reprodução)

O Cbloc atende apenas solicitações em caso de furto e roubo de celulares ocorridos no estado; em caso de perda, é necessário bloquear diretamente com a operadora. O sistema aceita solicitações para ocorrências registradas os últimos 30 dias.

Para prosseguir com o bloqueio de IMEI pela internet, é necessário abrir antes um Boletim de Ocorrência online ou presencial. A solicitação só será processada caso o documento policial contenha o(s) número(s) de IMEI do aparelho subtraído.

O que acontece quando bloqueio o IMEI do celular?

Ao ter o IMEI bloqueado, o aparelho celular fica impedido de se conectar às redes móveis. Sendo assim, quem roubou seu smartphone não consegue fazer ligações, enviar SMS ou utilizar internet móvel, visto que o dispositivo não conseguirá sinal 2G, 3G, 4G ou 5G.

Ainda assim, o bloqueio de IMEI não faz com que um celular roubado vire um peso de papel. O aparelho ficará com slot de chip inutilizável, mas caso o smartphone não seja devidamente bloqueado nos sistemas do Google e da Apple, é possível ter acesso a dados de usuário e conectá-lo no Wi-Fi para utilizar redes sociais, WhatsApp e outras funções do telefone.

Para evitar vazamentos de suas informações pessoais e dados importantes, como credenciais de cartão de crédito, confira o que fazer em caso de perda ou roubo do celular.

O bloqueio do IMEI é internacional?

Ao Tecnoblog, a Anatel informou que o Brasil faz parte da lista mundial de terminais roubados da GSMA, associação global de operadoras móveis. Sendo assim, um aparelho bloqueado no Brasil também é cadastrado na lista internacional e fica impedido de funcionar nas redes celulares que também participam do mesmo banco de dados.

Anatel (Imagem: Divulgação)
Fachada da Anatel (Imagem: Divulgação)

Quem pode bloquear o IMEI de um celular?

Somente o titular de uma linha móvel pode solicitar o bloqueio de IMEI para sua operadora. Será necessário informar os dados pessoais para o atendimento.

Não é necessário apresentar nota fiscal ou comprovante de compra do celular: basta que o aparelho tenha sido utilizado com o chip do titular da linha.

A Anatel não permite que lojas e instituições financeiras façam o bloqueio de IMEI em caso de inadimplência. A inclusão na lista de restrições somente pode ser feita em casos de roubo, furto ou extravio.

Quanto tempo demora para bloquear IMEI?

Após a solicitação para a operadora, o IMEI do celular perdido ou roubado será bloqueado em até 24 horas.

Como conseguir a declaração de bloqueio de IMEI?

Você pode solicitar uma declaração de bloqueio de IMEI para a sua operadora de celular pela central de atendimento. A restrição do código identificador também pode ser verificada no site da Anatel.

Como saber se o IMEI foi bloqueado?

A Anatel mantém um portal que permite consultar o IMEI para saber sua situação. Basta ter o código em mãos e verificar se a restrição foi aplicada.

Como desbloquear o IMEI de um celular?

Ao Tecnoblog, a Anatel informou que somente o usuário que realizou o bloqueio pode solicitar o desbloqueio do IMEI. O processo deve ser feito junto à entidade que efetuou a solicitação (como polícias civis) ou com a sua respectiva operadora.

O problema é que nem sempre o bloqueio de IMEI é efetivo. Hoje em dia, criminosos conseguem burlar a configuração de bloqueio com auxílio de técnicos, que alteram o número de série e restabelecem o acesso de um celular roubado às redes de telefonia.

Lucas Braga

Repórter especializado em telecom

Lucas Braga é analista de sistemas que flerta seriamente com o jornalismo de tecnologia. Com mais de 10 anos de experiência na cobertura de telecomunicações, lida com assuntos que envolvem as principais operadoras do Brasil e entidades regulatórias. Seu gosto por viagens o tornou especialista em acumular milhas aéreas.

Ana Marques

Gerente de Conteúdo

Ana Marques é jornalista e trabalha com tecnologia há 6 anos. Formada pela UFRJ, já passou pelo TechTudo (Globo) e pelo hub de conteúdo do Zoom, onde cobriu eventos nacionais e internacionais, analisando celulares, fones e outros eletrônicos. Em 2019, iniciou a coluna semanal "Vida Digital" no site da revista Seleções (Reader's Digest). Antes disso tudo, cursou Farmácia e fundou uma banda de rock.

Relacionados

Relacionados