O app Encontre Meu Dispositivo, do Google, fornece informações de localização de um smartphone e outros aparelhos com Android, como tablets e smartwatches. Além de rastrear um celular, você pode bloquear o aparelho em caso de perda ou roubo. O aplicativo também permite limpar todos os dados do Android.

Rastreando um dispositivo com Android

  1. Acesse o link google.com/android/find/
  2. Faça o login com seu e-mail e senha da conta Google
    Importante: certifique-se de que você está logado na mesma conta Google usada no smartphone perdido.
    Tela de acesso ao site "Encontre meu dispositivo"
  3. Localize seu dispositivo na lista de aparelhos
    Importante: o recurso não funcionará se o GPS do smartphone estiver desligado.
    Tela com as informações de localização do dispositivo

É importante ressaltar que, se você teve o celular roubado, a melhor decisão é comunicar à polícia, registrando um boletim de ocorrência.

Como emitir som para localizar o aparelho

Se o celular estiver por perto, é possível emitir um som por cinco minutos para achar a sua localização exata. O alerta sonoro será tocado mesmo quando o aparelho estiver no modo silencioso. Saiba como acionar o aviso:

  1. Acesse o mapa do Encontre Meu Dispositivo em google.com/android/find.
  2. Clique em “Reproduzir Som”.
    Clique em "Reproduzir Som" (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Agora é só procurar pelo seu celular. Ao encontrar o telefone, o som é desabilitado de duas formas:

  • Pelo aparelho: com o celular em mãos, ao pressionar o botão liga e desliga;
  • Pelo Encontrar Meu Dispositivo: ao clicar no botão “Parar de tocar”.

Como bloquear um celular pelo Encontre Meu Dispositivo

O bloqueio pelo Encontre Meu Dispositivo impede que outras pessoas utilizem o seu celular perdido. A função pode ser acionada remotamente e também desloga o smartphone da conta Google para evitar acessos indesejados. O recurso é usado da seguinte maneira:

  1. Entre no Encontre Meu Dispositivo (google.com/android/find).
  2. Aperte em “Proteger dispositivo”.
    Aperte em "Proteger dispositivo" (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
  3. Se quiser, escreva uma mensagem de recuperação e/ou um número de telefone no bloqueio de tela, para que qualquer pessoa possa entrar em contato.
  4. Clique em “Proteger dispositivo” para concluir o bloqueio.
    Clique em "Proteger dispositivo" para concluir o bloqueio (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

O que acontece quando o celular é bloqueado?

Ao usar a função Proteger Dispositivo, o acesso aos dados fica bloqueado imediatamente, se o estiver conectado à internet.

É possível desbloquear o celular após esse procedimento, mas será necessário digitar o código de acesso ou combinação na tela de bloqueio ao ter o dispositivo em mãos.

Já a biometria, como o leitor impressões de digitais, permanecerá desativada após a habilitação da trava de segurança.

Como citamos no passo a passo, você pode colocar informações de contato na tela de bloqueio de um celular roubado ou perdido. Assim, quem encontrar o dispositivo terá a opção de procurar o proprietário para devolver o aparelho. Após a recuperação, será necessário fazer login na conta do Google novamente.

Vale ressaltar que ainda será possível localizar o dispositivo móvel remotamente após o bloqueio. 

Como apagar os dados pelo Encontre Meu Dispositivo

Pense bem!

A opção para apagar todos os dados de um dispositivo é irreversível. Você não poderá rastrear a localização do gadget ao restaurar as definições de fábrica remotamente.

O Encontrar Meu Dispositivo oferece uma opção para apagar todos os dados do Android de maneira remota. Descubra como nos passos abaixo:

  1. Entre no Encontre Meu Dispositivo (google.com/android/find).
  2. Na lista de dispositivos, selecione o aparelho desejado para apagar as informações pessoais.
  3. Clique em “Limpar dispositivo”, como indicado na captura de tela abaixo.
    Clique em "Limpar dispositivo" (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
  4. Confirme a ação em “Limpar dispositivo”.
    Confirme em "Limpar dispositivo" (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
  5. Por fim, faça login na conta do Google novamente para apagar todos os dados pessoais.

O que acontece ao limpar um celular Android?

Os dados serão apagados permanentemente após o procedimento. Isto significa que todos os apps, fotos, vídeos e demais arquivos não estarão mais disponíveis no celular. O mesmo acontece com as sessões iniciadas em aplicativos ou no navegador. Os dados do cartão de memória, no entanto, não são apagados neste procedimento.

Para fazer a limpeza, é preciso que o telefone esteja conectado à internet, seja via Wi-Fi ou por dados móveis. Se estiver offline, o processo começará na próxima vez que o smartphone ficar online.

Celulares Android podem ser rastreados pelo Encontre Meu Dispositivo (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Celulares Android podem ser rastreados pelo Encontre Meu Dispositivo (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)
Preciso do aplicativo instalado no aparelho perdido para localizá-lo?

Não. O aplicativo é só mais um recurso de segurança e pode ser acessado a partir de um celular reserva, mas a procura pelo site Encontre Meu Dispositivo vai funcionar independentemente de tê-lo ou não no aparelho perdido.

Tem como rastrear o celular desligado?

Não. Infelizmente o Encontre Meu Dispositivo precisa do GPS ativado nas configurações de localização para funcionar. Logo, o celular também precisa estar ligado.

Alternativas para quem tem um Galaxy ou Xiaomi

Caso alguma das opções acima não tenha sido suficiente para você, é possível testar outras opções de rastreamento para celulares Android. Donos de dispositivos Galaxy podem encontrar ou bloquear aparelhos pelo Samsung Find My Mobile. Já clientes da Xiaomi podem optar por usar a Mi Cloud para saber a localização do celular.

Não consegui localizar meu celular. O que fazer?

Usar o Encontre Meu Dispositivo não é a única medida a ser adotada para manter a segurança de informações pessoais, especialmente em casos de roubo ou furto.

Há medidas importantes que você deve tomar para evitar o acesso dos criminosos: além de limpar os dados armazenados, incluindo informações sobre senhas e credenciais de redes sociais, também é preciso solicitar o bloqueio do IMEI e do chip da operadora.

Veja um guia completo sobre o que fazer se o seu celular foi roubado.

Esse conteúdo foi útil?
😄 Sim🙁 Não

Receba mais sobre Android na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi

Repórter

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Entrou para o Tecnoblog em 2020 e também escreveu para o TechTudo e iHelpBR.

Ana Marques

Ana Marques

Gerente de Conteúdo

Ana Marques é jornalista e cobre o universo de eletrônicos de consumo desde 2016. Já participou de eventos nacionais e internacionais da indústria de tecnologia a convite de empresas como Samsung, Motorola, LG e Xiaomi. Analisou celulares, tablets, fones de ouvido, notebooks e wearables, entre outros dispositivos. Ana entrou no Tecnoblog em 2020, como repórter, foi editora-assistente de Notícias e, em 2022, passou a integrar o time de estratégia do site, como Gerente de Conteúdo. Escreveu a coluna "Vida Digital" no site da revista Seleções (Reader's Digest). Trabalhou no TechTudo e no hub de conteúdo do Zoom/Buscapé.

Relacionados