Moto G73 é lançado oficialmente no Brasil e estreia hub de segurança da marca

Celular intermediário da companhia traz tela FHD+ de 6,5 polegadas com taxa de atualização de 120 Hz; preço inicial é de R$ 1.399 com plano da Claro

Ricardo Syozi Lucas Lima
Por e
Moto G73
Moto G73 (Imagem: Divulgação / Motorola)

A Motorola confirmou a chegada do Moto G73 ao Brasil com venda exclusiva pela loja da marca e pela operadora Claro. O smartphone desembarca com a tecnologia 5G, Android 13 de fábrica, tela de 120 Hz e tecnologia Dolby Atmos. A Motorola também destaca o aplicativo Moto Secure, um hub focado em segurança para ajudar a proteger informações do usuário.

O Moto G73 foi apresentado em janeiro ao lado do Moto G53, quando a Motorola mostrou a ficha técnica dos intermediários. Nesta quinta-feira (2), a empresa relevou os preços e disponibilidade no Brasil: R$ 1.399 ao comprar, até 31 de março, com o plano Claro Pós Single 25 GB (R$ 109,90/mês) ou R$ 1.999 pelo site da marca (à vista cai para R$ 1.799,10).

Entre os destaques estão a tela FHD+ de 6,5 polegadas com uma taxa de atualização de 120 Hz e o sistema de áudio Dolby Atmos, que pode proporcionar áudios tridimensionais para ajudar na imersão do usuário.

O processador do Moto G73 é o MediaTek Dimensity 930, um octa-core com dois núcleos de até 2,2 GHz e que também traz a conectividade 5G. Para completar o desempenho, o Moto G73 abriga 8 GB de RAM e um armazenamento de 128 GB. A bateria é de 5.000 mAh e o carregador de 30 W.

Na traseira são só duas câmeras: uma lente principal com 50 MP com abertura f/1,8 e outra híbrida (ultrawide e macro) de 8 MP com abertura f/2,2. A frontal para selfies traz 16 MP com abertura f/2,45. A Motorola destaca que a câmera principal usa uma tecnologia de pixel binning, apelidada de Ultra Pixel, para combinar quatro pixels em um maior que carrega mais informações.

Moto G73 (Imagem: Divulgação/Motorola)
Moto G73 (Imagem: Divulgação/Motorola)

Moto Secure é o hub de segurança da Motorola

A Motorola estreou o Moto Secure no Moto G73. Trata-se de um aplicativo que centraliza funções de segurança e privacidade, como por exemplo a Pasta Segura, para guardar arquivos e apps sob uma senha, e o gerenciamento de redes e de permissões de microfone ou câmera.

O Family Space é outra solução presente no Moto G73, mas focado no controle parental. Nesse aplicativo, será possível criar um ambiente controlado para a criança (como restringir apps) e controlar o tempo de tela.

Moto G73 – ficha técnica

EspecificaçãoMoto G73
Tela6,5 polegadas com resolução Full HD+ (2400 x 1080 pixels) e taxa de atualização de 120 Hz
ProcessadorMediaTek Dimensity 930 (octa-core com dois núcleos de até 2,2 GHz)
RAM8 GB
Armazenamento128 GB (expansível via cartão de memória microSD de até 1 TB)
Câmera traseira– principal: 50 megapixels (f/1,8) com pixel binning
– ultrawide e macro: 8 megapixels (f/2,2)
Câmera frontal16 megapixels (f/2,45)
Bateria5.000 mAh (recarga de 30 watts)
Sistema OperacionalAndroid 13
Conectividadeporta USB-C, entrada dedicada para fones de ouvidos (3,5 mm), 2G, 3G, 4G, 5G, Wi-Fi 5, Bluetooth 5.3, GPS e NFC
Maiscertificação IP52, ThinkShield, Moto Secure e suporte a dois chips de operadora (Dual SIM)
Dimensões161,42 x 73,84 x 8,29 mm
Peso181 gramas
Coresazul e branco

Com informações: Motorola.

Receba mais sobre Motorola na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ricardo Syozi

Ricardo Syozi

Repórter

Ricardo Syozi é jornalista apaixonado por tecnologia e especializado em games atuais e retrôs. Já escreveu para veículos como Nintendo World, WarpZone, MSN Jogos, Editora Europa e VGDB. Possui ampla experiência na cobertura de eventos, entrevistas, análises e produção de conteúdos no geral. Entrou para o Tecnoblog em 2021.

Lucas Lima

Lucas Lima

Editor-assistente

Lucas Lima trabalha no Tecnoblog desde 2019 cobrindo software, hardware e serviços. Graduou-se em Jornalismo em 2018 e se formou técnico em Informática em 2014, mas respira tecnologia desde 2006, quando ganhou o primeiro computador e varava noites abrindo janelas do Windows XP. Teve experiências com comunicação no poder público e no setor de educação musical antes de atuar na estratégia de conteúdo e SEO do TB.

Relacionados