Apple diz que bateria do iPhone 15 dura o dobro do que se imaginava

Apple revela resultados de novos testes com celulares de 2023. Aparelhos levam 1.000 ciclos de uso para demonstrar queda de qualidade.

Thássius Veloso
Por
Tela do iPhone 15 (imagem: Thássius Veloso/Tecnoblog)
Tela do iPhone 15 (imagem: Thássius Veloso/Tecnoblog)

O iPhone 15 tem uma bateria melhor do que o originalmente divulgado, em setembro de 2023, durante o evento de lançamento. A Apple divulgou que o aparelho consegue manter até 80% da capacidade de carga depois de 1.000 ciclos de uso, o dobro do que se imaginava até então.

A empresa explicou nesta semana que fez novos testes em condições reais de uso. Ela atribuiu a melhora aos avanços realizados no software e nos componentes internos ao longo dos últimos anos.

O que é ciclo de uso?

Primeiro precisamos entender o que é ciclo de uso de bateria. De maneira geral, considera-se como ciclo de uso o processo de esvaziar a bateria do aparelho de 100% até 0%. Existem muitas nuances em relação a este tema, como, por exemplo, as funções de inteligência artificial que ajudam a recarregar o telefone de maneira inteligente.

Até então, a Apple divulgava que os usuários poderiam recarregar e descarregar o iPhone por 500 vezes até começarem a perceber uma queda na qualidade da bateria. A partir deste ponto, o smartphone começaria a ter uma saúde de bateria abaixo do patamar de 80%, considerado saudável pela empresa. A informação já aparece no site de suporte para os Estados Unidos, mas ainda não foi traduzida na versão brasileira.

Print de página oficial da Apple. Trecho em destaque diz: "Batteries of iPhone 15 models are designed to retain 80 percent of their original capacity at 1000 complete charge cycles under ideal conditions.*"
Página oficial da Apple explica sobre os ciclos de bateria do iPhone 15 (Reprodução/Tecnoblog)

Em segundo lugar, é preciso ter em mente que os químicos presentes numa célula de bateria envelhecem e perdem capacidade conforme o uso. Este é um fenômeno bastante documentado da indústria, que acontece com todos os telefones. Não é uma exclusividade da Apple.

Mais saúde de bateria

As novas descobertas da Apple dizem respeito especificamente à linha do iPhone 15. Os compradores dos modelos mais recentes poderão ficar com os telefones por mais tempo, ao menos em tese, já que a bateria evoluiu com o passar dos anos.

O indicador de saúde de bateria é muito importante, por exemplo, no momento de revender ou repassar o telefone para alguém. Ao menos em tese, os iPhones da geração 15 manterão valor por mais tempo, já que a bateria demora mais para deteriorar.

Como ficam os iPhones mais antigos?

Nós ainda não sabemos como será o desempenho do iPhone 14, do iPhone 13, do iPhone 12 e de outros modelos quando forem testados novamente. A Apple informou que está investigando estes telefones para averiguar se também descobre novidades relacionadas à energia.

Receba mais sobre iPhone na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Thássius Veloso

Thássius Veloso

Editor

Thássius Veloso é jornalista especializado em tecnologia e editor do Tecnoblog. Desde 2008, participa das principais feiras de eletrônicos, TI e inovação. Também atua como comentarista da GloboNews, palestrante, mediador e apresentador de eventos. Tem passagem pela CBN e pelo TechTudo. Já apareceu no Jornal Nacional, da TV Globo, e publicou artigos na Galileu e no jornal O Globo. Ganhou o Prêmio Especialistas em duas ocasiões e foi indicado diversas vezes ao Prêmio Comunique-se.

Canal Exclusivo

Relacionados