Apple é a maior cliente do Google Cloud com 8 milhões de terabytes na nuvem

Em 2021, a Apple gastou 50% a mais com despesas do Google Cloud em comparação com 2020; companhia se tornou cliente principal de uma de suas maiores rivais

Pedro Knoth
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Apple Store
Loja da Apple (Imagem: Bangyu Wang/Unsplash)

Um dos maiores investimentos da Apple na área de armazenamento em nuvem cai direto no bolso de um dos principais rivais: o Google. A empresa registrou um aumento de 50% nos gastos com Google Cloud em comparação anual com 2020, disse um funcionário da companhia ao The Information.

Apple gastou US$ 300 milhões com Google Cloud em 2021

Um dos focos da Apple é transferir mais serviços à sua divisão de armazenamento de nuvem, o iCloud. Cada vez mais usuários da marca usam a plataforma para guardar fotos e vídeos, o que aumenta a demanda por servidores capazes de suportar todo o volume de dados.

Quem ganha com isso é o Google Cloud, cujo maior cliente em nuvem é justamente a Apple. A empresa desembolsou US$ 300 milhões para que o Google administre 8 exabytes de dados — o equivalente a 8 milhões de TB.

O segundo maior cliente do Google Cloud é a startup dona do TikTok, a chinesa ByteDance, que tem um contrato de armazenamento de 500 petabytes, algo como 500 mil TB — montante de dados 16 vezes menor.

Apple ganhou até codinome dentro do Google

A pegada de dados da Apple é tão grande e de alta prioridade que o Google teria apelidado internamente o cliente de “Pé Grande”, segundo o The Information. A segurança dessas informações ainda é 100% responsabilidade da dona do iCloud, que maneja as chaves de segurança.

A Apple possui suas próprias instalações e bancos de dados ao redor do mundo. Mas se a demanda da companhia de gadgets e software é muito maior do que ela consegue aportar com seus servidores, faz sentido buscar ajuda de fora.

Mas ao negociar com o Google, a empresa fundada por Steve Jobs dá poder imenso a uma de suas principais competidoras. O próprio Tim Cook, CEO da Apple, durante o julgamento no caso Epic Games, disse que não considera o Google como rival. Em seguida, advogados do estúdio criador do game Fortnite mostraram um vídeo em que o executivo afirma que o Google compete no lado de “sistema operacional”.

Fonte: 9to5Mac

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Pedro Knoth

Pedro Knoth

Ex-autor

Pedro Knoth é jornalista e cursa pós-graduação em jornalismo investigativo pelo IDP, de Brasília. Foi autor no Tecnoblog cobrindo assuntos relacionados à legislação, empresas de tecnologia, dados e finanças entre 2021 e 2022. É usuário ávido de iPhone e Mac, e também estuda Python.

Canal Exclusivo

Relacionados