Apple Vision Pro pode chegar às lojas dos EUA em fevereiro de 2024

Produção de novo headset em fábricas na China está em ritmo acelerado. Vendedores de Apple Stores serão enviados à sede para treinamento em janeiro.

Giovanni Santa Rosa
Por
Apple Vision Pro na sede da Apple nos Estados Unidos (Imagem: Thássius Veloso/Tecnoblog)
Apple Vision Pro foi apresentado em junho de 2023 (Imagem: Thássius Veloso/Tecnoblog)

A Apple está preparando o lançamento do Vision Pro para fevereiro de 2024. A produção, inclusive, está a todo vapor nas fábricas chinesas, de acordo com fontes familiarizadas com o assunto.

Segundo Mark Gurman, jornalista da Bloomberg especializado em cobrir a marca da maçã, o plano da Apple é estar com os equipamentos prontos no fim de janeiro, indo para as lojas em fevereiro. Vale lembrar que, inicialmente, o Vision Pro só será lançado nos EUA.

Outro sinal de que o lançamento está próximo está em um e-mail enviado a desenvolvedores, na quarta-feira (20). Na mensagem, a Apple encoraja que eles se preparem para o Vision Pro, testando seus apps com as ferramentas mais recentes e enviando os trabalhos para a empresa poder dar seu feedback.

Apple Stores terão treinamento especial

Como observa Gurman, o Vision Pro vai exigir toda uma preparação dos pontos de venda. O produto é complexo e cheio de componentes customizados, que precisam ser montados e colocados em caixas na própria loja.

E tudo isso precisa ser feito de maneira correta. Do contrário, ele pode não se encaixar corretamente na cabeça do usuário. Isso prejudica a experiência, já que o conteúdo não seria exibido como deveria, e faz o aparelho parecer mais pesado do que realmente é.

Simulação de interface do visionOS, com janelas suspensas sobre um ambinete interno
Aplicativos no visionOS, o sistema do Apple Vision Pro (Imagem: Divulgação/Apple)

Segundo Gurman, pelo menos dois funcionários de cada loja nos EUA irão à sede da empresa, em Cupertino (EUA), para receber treinamento. As sessões duram dois dias e começam na primeira semana de janeiro.

O treinamento vai mostrar quais funções e recursos do Vision Pro podem ser usados para convencer os clientes a desembolsar US$ 3.499 (cerca de R$ 17 mil, em conversão direta) e levar o headset para casa. Além disso, os funcionários vão aprender como colocar a faixa que prende o dispositivo à cabeça, instalar lentes com grau e aplicar a vedação de luz.

Parte desse processo vai precisar de cuidado, já que o consumidor não pode se sentir constrangido enquanto alguém coloca um aparelho na sua cabeça. A Apple planeja facilitar o processo com um app para escanear a cabeça e recomendar o tamanho certo de faixa.

Com informações: Bloomberg

Relacionados