Neon lança programa de fidelidade que isenta tarifas do boleto e TED

André Fogaça
Por
• Atualizado há 1 ano e 4 meses
banco neon também tem conta para MEI

O Neon, que já teve parte das atividades encerradas pelo Banco Central e voltou a operar com o nome de Neon Pagamentos, lançou uma espécie de serviço de fidelidade para quem movimenta mais dinheiro na fintech. Com nome de Neon+, a instituição financeira eliminará taxas de emissão de boletos e TEDs de quem faz mais do que 10 compras com o cartão.

Até então, o primeiro boleto emitido e a primeira transferência bancária do mês não são taxados – cada boleto custa R$ 2,90 e as transferências são taxadas em R$ 3,50. A partir de hoje (31), uma modalidade chamada Neon+ será adicionada e poderá ser habilitada pelos clientes que fazem, no mínimo, 10 compras com o cartão físico ou virtual.

As transações computadas devem ser feitas em estabelecimentos nacionais ou no exterior, e a gratuidade de mensalidade e anuidade do cartão continuam valendo como já acontece desde a inauguração do Neon, em 2016.

Durante o mês de agosto, o Neon+ poderá ser habilitado por qualquer cliente (independente da quantidade de compras que faz), como uma espécie de teste público. Já em setembro começa a valer a regra de uso e a fintech garante que não cobrará por qualquer boleto ou transferência bancária, sem mencionar qualquer quantidade – é, literalmente, uma quantidade infinita.

A habilitação da modalidade acontece direto no app e estará disponível a partir de hoje, em uma onda de atualizações do lado do servidor do Neon – desde que o app seja o mais atual da App Store ou Play Store.

Mesmo dentro do programa de fidelidade, outras tarifas ainda continuam em vigor, como R$ 6,90 após o primeiro saque na rede Banco24Horas e R$ 4,00 por compra internacional – além do IOF.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
André Fogaça

André Fogaça

Ex-autor

André Fogaça é jornalista e escreve sobre tecnologia há mais de uma década. Cobriu grandes eventos nacionais e internacionais neste período, como CES, Computex, MWC e WWDC. Foi autor no Tecnoblog entre 2018 e 2021, e editor do Meio Bit, além de colecionar passagens por outros veículos especializados.

Canal Exclusivo

Relacionados