fintech

Fintechs fazem parceria para saque em caixas eletrônicos (só faltou o Nubank)

10/08/2018 às 12h23 por

A partir desta semana, clientes que utilizam contas em Fintechs poderão sacar dinheiro em mais caixas eletrônicos. A novidade acontece depois de parceria da empresa Saque e Pague com empresas e startups financeiras que são associadas à ABFintech (Associação Brasileira de Fintechs). Mais caixas eletrônicos De acordo com a Saque e Pague, o acordo permite que as mais de 360 empresas que estão associ

Neon lança programa de fidelidade que isenta tarifas do boleto e TED

31/07/2018 às 16h16 por

O Neon, que já teve parte das atividades encerradas pelo Banco Central e voltou a operar com o nome de Neon Pagamentos, lançou uma espécie de serviço de fidelidade para quem movimenta mais dinheiro na fintech. Com nome de Neon+, a instituição financeira eliminará taxas de emissão de boletos e TEDs de quem faz mais do que 10 compras com o cartão.

Banco Inter é primeira fintech a estrear na bolsa de valores brasileira

02/05/2018 às 12h23 por

Falamos por aqui antes sobre o Banco Inter, conhecido por oferecer conta corrente sem mensalidade, inclusive para microempreendedor individual (MEI). Ele estreou na B3, bolsa de valores brasileira, na segunda-feira (30). Esta é a primeira fintech a abrir capital em bolsa no Brasil, onde ela é avaliada em R$ 1,9 bilhão. É menos que outr

Fintechs ficam mais independentes de bancos tradicionais com decisão do BC

27/04/2018 às 16h53 por

Os bancos tradicionais podem ser um empecilho para startups financeiras. Eles são acusados pelo Nubank de abusarem de sua dominância no mercado; e estão criando dificuldades para corretoras de bitcoin. O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou nesta quinta-feira (26) um conjunto de regras que torna as fintechs mais independentes dos bancos tradicionais.

O prejuízo do Nubank está diminuindo

03/04/2018 às 10h04 por

Um dos desafios do Nubank — além de enfrentar a ira dos grandes bancos — é deixar de ter prejuízo. A dura realidade é que, sem gerar lucro, dificilmente uma empresa sobrevive no longo prazo. E os resultados financeiros do Nubank estão melhorando. Segundo o Valor, seu prejuízo foi de R$ 117 milhões no ano passado, queda de 4% em relação a 2016

Nubank aumenta receita, mas registra prejuízo de R$ 122 milhões

24/04/2017 às 12h45 por

Se você não possui um cartão de crédito Nubank, provavelmente conhece alguém que o tem. Pudera: a fintech tem quase um milhão de cartões ativos. Esse sucesso só não trouxe lucro. Somente em 2016, a companhia amargou prejuízo de R$ 122,3 milhões. Mas a própria faz questão de avisar que essa não é, necessariamente, uma notícia ruim. São as dores do crescimento, digamos assim. Em 2015, o prejuízo foi de R$ 32,7 milhões. Houve aumento de 273% em relação a esse período, portanto. Em balanço div

Carregar mais posts