Estagiários do Google permanecerão em home office em 2021

Google manterá estagiários em home office em 2021 devido à pandemia de COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus

Bruno Gall De Blasi
Por
• Atualizado há 2 anos e 6 meses
Fachada do Google (Imagem: Pawel Czerwinski/Unsplash)
Fachada do Google (Imagem: Pawel Czerwinski/Unsplash)

Os estagiários do Google vão ficar em casa por mais tempo para combater e evitar a COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus. Segundo a companhia norte-americana nesta quarta-feira (21), o regime de home office será estendido até 2021 para preservar a saúde e a segurança dos estagiários da empresa durante a pandemia.

A decisão chega em decorrência da doença causada pelo novo coronavírus. Em anúncio, o Google afirma que os programas de estágio da empresa serão realizados à distância em 2021, de tal forma que todos permaneçam seguros durante o trabalho e não sejam expostos ao vírus.

“Pela primeira vez na história do Google, milhares de estudantes de 43 países começaram seus estágios de verão virtualmente”, anunciaram. “Organizamos mais de 200 sessões de orientação em todo o mundo e realizamos mais de 300 eventos durante o verão para ajudar os estagiários a se conectar com seus colegas, ouvir os líderes do Google e se envolver com várias equipes”.

Google manterá funcionários em home office

Além dos estagiários, o Google anunciou em julho de 2020 que irá manter seus funcionários em casa até julho de 2021 devido aos impactos da pandemia de COVID-19. A ampliação do regime vale para quase todos os 200 mil funcionários da empresa.

O Facebook é outra companhia que irá estender o trabalho remoto ao mesmo período de tempo. Já a Microsoft e o Dropbox adotaram o regime de home office permanente.

Com informações: Google (Blog)

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi

Ex-autor

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Escreveu para o TechTudo e iHelpBR. No Tecnoblog, atuou como autor entre 2020 e 2023.

Canal Exclusivo

Relacionados