Facebook cancela conferência F8 devido ao coronavírus

Evento para desenvolvedores aconteceria em maio na cidade de San Jose, nos Estados Unidos

Paulo Higa
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Mark Zuckerberg na F8 2018

Mais um evento de tecnologia foi cancelado devido a preocupações com o coronavírus: o Facebook anunciou na quinta-feira (27) que sua conferência anual para desenvolvedores, a F8, não será mais realizada entre os dias 5 e 6 de maio. Em vez disso, a companhia planeja organizar encontros locais entre desenvolvedores e estudantes.

A F8 é a principal conferência do Facebook no ano, onde a empresa anuncia novos produtos em apresentações de Mark Zuckerberg e outros executivos, além de promover sessões e encontros com desenvolvedores. Com cerca de 5 mil participantes, o evento costuma ocorrer entre abril e maio no San Jose Convention Center, na Califórnia — mesmo local onde normalmente é realizada a WWDC, da Apple.

Em nota, o diretor de parcerias de plataforma do Facebook, Konstantinos Papamiltiadis, confirma o cancelamento da F8 2020 devido ao Covid-19. Ele diz que a decisão foi difícil, “mas precisamos priorizar a saúde e a segurança de nossos parceiros desenvolvedores, funcionários e todo mundo que ajuda a manter a F8”.

“No lugar do evento presencial da F8, estamos planejando outras formas de nossa comunidade se reunir por meio de uma combinação de eventos locais, vídeos e conteúdo transmitido ao vivo. Vamos compartilhar detalhes adicionais sobre nossos planos para a F8 nas próximas semanas”, diz Papamiltiadis, que espera encontrar a “comunidade global de desenvolvedores na F8 2021”.

Na cidade de San Jose, que não receberá mais a F8 este ano, organizações que trabalham na diversifcação da indústria de tecnologia receberão uma doação de US$ 500 mil, o dobro do montante oferecido pelo Facebook em anos anteriores.

O coronavírus tem impactado outros eventos de tecnologia. O Mobile World Congress 2020, que aconteceria em fevereiro em Barcelona, não teve uma edição pela primeira vez em quase 15 anos; o evento gera 14 mil empregos temporários e movimenta 500 milhões de euros. Já a Game Developers Conference 2020, que ainda está planejado para março em San Francisco, não contará com a participação de nomes como Sony, Microsoft, EA, Epic Games e Kojima Productions.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Canal Exclusivo

Relacionados