Galaxy S21 é homologado nos EUA com Snapdragon 888

Samsung Galaxy S21 recebe certificado de homologação da FCC, nos Estados Unidos, com processador Qualcomm Snapdragon 888

Bruno Gall De Blasi
Por
• Atualizado há 2 anos e 7 meses
Possível Samsung Galaxy S21 (Imagem: Reprodução/Steve Hemmerstoffer)
Possível Samsung Galaxy S21 (Imagem: Reprodução/Steve Hemmerstoffer)

Depois do Brasil, o Samsung Galaxy S21 foi homologado nos Estados Unidos. De acordo com a certificação emitida pelo FCC, órgão equivalente à Anatel, nesta terça-feira (8), o próximo celular premium da Samsung sairá da caixa com o processador Qualcomm Snapdragon 888 no país norte-americano.

O certificado de homologação emitido pela agência norte-americana reverbera alguns rumores existentes sobre o celular. É o caso do processador Qualcomm Snapragon 888, novo processador da Qualcomm que deve vir embalado no interior do sucessor do Galaxy S20 nos Estados Unidos. O celular ainda deve contar com 5G, Wi-Fi 6 e NFC.

O certificado ainda aponta o mesmo carregador citado na homologação do Brasil, de modelo EP-TA800, mas não indica se o acessório acompanhará o celular nos Estados Unidos ou não. Além disso, o smartphone será lançado no país com a mesma bateria liberada pela Anatel, a EB-BG991ABY, com capacidade de 4.000 mAh.

A recarga com fio deve ser de 25 watts, segundo o documento. A melhoria ficaria pelo carregamento reverso sem fio, tecnologia da Samsung conhecida como Wireless PowerShare, cuja potência pode subir para 9 watts, o dobro do Samsung Galaxy S20.

Galaxy S21 e S21+ (Imagem: Max Weinbach/Twitter)

Galaxy S21 e S21+ (Imagem: Max Weinbach/Twitter)

O que esperar do Samsung Galaxy S21?

O Samsung Galaxy S21 (ou Samsung Galaxy S30) é um dos celulares cotados para serem apresentados pela Samsung em breve. Além do citado processador Qualcomm Snapdragon 888, o smartphone ainda deve trazer o chip Samsung Exynos 2100 em outros países, como o Brasil.

Espera-se que o celular Samsung Galaxy tenha tela de 6,2 polegadas, resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120 Hz. Diferentemente de seus antecessores, as bordas curvas devem dar adeus ao telefone, junto com o Galaxy S21+, em 2021. O módulo para abrigar a câmera tripla também pode passar por alterações.

Assim como a Apple com as últimas gerações do iPhone ainda à venda, a Samsung irá vender o Galaxy S21, S21+ e S21 Ultra sem o carregador e fone de ouvido na caixa. “O telefone celular não será comercializado com fonte de alimentação”, apontam os documentos da Anatel revelados com exclusividade pelo Tecnoblog nesta segunda-feira (7).

Os sucessores do Samsung Galaxy S20, S20+ e S20 Ultra foram homologados pela Anatel no começo desta semana. Os smartphones devem ser lançados pela Samsung em janeiro de 2021.

Com informações: Android Authority e GSMArena

Relacionados

Autor(a)

Bruno Gall De Blasi

Bruno Gall De Blasi

Ex-autor

Bruno Gall De Blasi é jornalista e cobre tecnologia desde 2016. Sua paixão pelo assunto começou ainda na infância, quando descobriu "acidentalmente" que "FORMAT C:" apagava tudo. Antes de seguir carreira em comunicação, fez Ensino Médio Técnico em Mecatrônica com o sonho de virar engenheiro. Escreveu para o TechTudo e iHelpBR. No Tecnoblog, atuou como autor entre 2020 e 2023.