A venda do GitHub para a Microsoft fez com que diversos desenvolvedores ficassem desconfiados com o futuro da plataforma e buscassem alternativas. Com isso, adversários estão aproveitando o momento para se tornarem mais atrativos.

Um deles é o GitLab, que passou a oferecer seus planos Gold e Ultimate de graça para instituições de ensino e projetos de código aberto. O objetivo da empresa é oferecer mais segurança e ferramentas de gerenciamento para esses dois grupos.

gitlab

O interesse dos usuários pela plataforma tem crescido significativamente após o anúncio da negociação do GitHub. Em apenas um dia, foram mais de 75 mil novos repositórios. Para se ter uma ideia, o site costuma ter cerca de 12 mil projetos criados por dia.

Além disso, a plataforma costumava receber menos de duas mil importações por dia. Após a venda do GitHub, esse número saltou para mais de 41 mil.

Segundo o GitLab, boa parte dos desenvolvedores que consideraram a migração testaram os planos básicos, que são limitados e não atendem as necessidades de projetos maiores. A opções Gold e Ultimate, por exemplo, oferecem uma série de benefícios, mas exigem uma mensalidade de US$ 99 por usuário.

Com informações: TechCrunch.

Relacionados