Google cria tecnologia para fones ANC medirem frequência cardíaca

Recurso deve agradar usuários que não se adaptaram aos smartwatches e buscam novas opções de acessórios para registrar os dados de saúde

Lupa Charleaux
Por
Samsung Galaxy Buds
Estudo do Google indica que tecnologia APG funciona com diferentes tamanhos de orelhas e tons de pele (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

O Google trabalha em um projeto que usa fones de ouvido com cancelamento de ruído ativo (ANC) para registrar a frequência cardíaca dos usuários. O recurso pode ser uma nova alternativa para quem gosta de acompanhar os dados de saúde em diferentes momentos do dia.

A tecnologia se baseia no conceito de áudio pletismografia (APG), exame não invasivo com sinais de ultrassom de baixa intensidade. Então, os sons emitidos pelos microfones ANC ajudam a detectar os batimentos cardíacos por meio de vasos sanguíneos do canal auditivo.

Google Pixel Buds Pro (imagem: divulgação/Google)
Nova tecnologia ainda deve demorar para ser disponibilizada para os donos do Google Pixel Buds (Imagem: Divulgação/Google)

Conforme os relatórios do Google, a tecnologia APG pode ser aplicada em fones de ouvido ANC de diferentes tamanhos e formas de isolamento de ruído. Além disso, a medição dos batimentos cardíacos pode ser realizada mesmo durante a reprodução de música.

As avaliações iniciais do recurso de saúde mostraram dificuldades para registrar os dados em ambientes barulhentos. Entretanto, isso teria sido corrigido com uso de sinais de múltiplas frequências para resultados mais precisos.

Por falar em precisão, os testes com 153 pessoas foram bem positivos. A taxa média de erro foi 3,21% em relação à frequência cardíaca e de 2,70% no acompanhamento na variação de batimentos em diferentes cenários.

Google Pixel Buds Pro (Imagem: Divulgação)
Tecnologia pode mudar a forma das pessoas monitorarem os batimentos cardíacos em atividades físicas (Imagem: Divulgação/Google)

Recurso de saúde em fase de desenvolvimento pelo Google

A tecnologia do Google promete mudar a forma das pessoas monitorarem dados de saúde. Essa é também uma boa notícia para usuários que não se adaptaram aos smartwatches ou smartbands e preferem acessórios ainda menores e discretos.

Contudo, o documento indica que as pesquisas estão em fases iniciais. Com isso, o uso do APG ainda deve demorar para ser adotado por fones de ouvido Google Pixel Buds ou de outras marcas.

Por fim, há anos existem rumores de que os AirPods poderiam ganhar uma tecnologia semelhante para aferir batimentos cardíacos. Contudo, a Apple não deu indícios de que atualizará a linha de fones de ouvido com o recurso de saúde.

Com informações: Android Headlines

Relacionados