Google está mostrando resumo de pesquisa feito pelo Gemini fora do Search Labs

Pesquisar no Google traz sumário com resultado da busca para alguns usuários. Recurso se assemelha ao que o Copilot faz com pesquisas no Bing

Felipe Freitas
Por
• Atualizado há 2 semanas
CEO do Google Sundar Pichai apresenta o projeto Gemini no Google I/O 2023
Google está mostrando para mais usuários recurso do Gemini apresentado em 2023 (Imagem: Reprodução/Google)

Alguns usuários do Google fora do Search Labs estão recebendo um resumo de pesquisa feito pelo Gemini após realizar uma busca na plataforma. Esses sumários foram avistados nos últimos dias e, até o momento, só estão disponíveis nos Estados Unidos. Os resumos de resultados foram apresentados no ano passado, mas só membros do Search Labs, programa de teste do Gemini (na época, Bard), podiam acessá-lo.

Similar ao que já acontece no Bing, quando você pesquisar algum tema no Google, receberá na parte superior dos resultados um resumo feito por IA (no Bing aparece no lado direito ou na parte superior se você arrastar a tela para cima). Neste caso, o sumário do tópico é criado pelo Gemini, a IA generativa da empresa. Os resumos visam acelerar o resultado para o usuário, já que ele não precisa abrir diferentes links, recebendo rapidamente as informações essenciais — de acordo com o Gemini — sobre o tema.

Google correndo atrás de feedbacks

Nova busca do Google com IA
Resumo da pesquisa do Google criado com o Gemini funciona desse modo, mas só está disponível nos Estados Unidos (Imagem: Divulgação/Google)

Em resposta ao site Search Engine Land, primeiro a publicar sobre o caso, o Google explicou que ampliou a disponibilidade do resumo para receber mais feedbacks. Como não são todos seus usuários que pediram participar do Search Lab, programa de testes dos novos recursos do serviço de busca, a big tech optou por liberar a ferramenta para mais usuários.

O Search Lab só está disponível para quem utilizar o Google Chrome, navegador da empresa. Este pode ser um dos motivos que levou a empresa a buscar por mais feedbacks. Mesmo que seja um dos navegadores mais populares do mundo, o número de heavy users dispostos a se inscrever num programa de teste de busca não deve ser alto.

O sumário não aparecerá para todos os temas. Como explicou o Google, a IA generativa só atuará em queries/prompts que a empresa julgar que será útil a criação de um resumo com o Gemini. Novamente, esta é uma funcionalidade parecida com o Bing e Copilot. O resumo do resultado da busca no serviço do Microsoft só aparece com alguns temas.

Bing utiliza o Copilot para gerar resumos em algumas pesquisas (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)
Bing utiliza o Copilot para gerar resumos em algumas pesquisas (Imagem: Reprodução/Tecnoblog)

Com informações: Search Engine Land e Android Authority

Receba mais sobre Google na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Felipe Freitas

Felipe Freitas

Repórter

Felipe Freitas é jornalista graduado pela UFSC, interessado em tecnologia e suas aplicações para um mundo melhor. Na cobertura tech desde 2021 e micreiro desde 1998, quando seu pai trouxe um PC para casa pela primeira vez. Passou pelo Adrenaline/Mundo Conectado. Participou da confecção de reviews de smartphones e outros aparelhos.

Canal Exclusivo

Relacionados