Google Meet começa a avisar sobre limite em chamadas de vídeo gratuitas

Após impor restrição de duração em chamadas gratuitas, Google Meet começa a notificar usuários quando limite está próximo

Bruno Ignacio
Por
• Atualizado há 2 anos e 6 meses
Google Meet (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)
Google Meet (Imagem: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

Desde o início de julho, o Google Meet passou a aplicar um limite de tempo em chamadas de vídeo com três ou mais pessoas em sua versão gratuita. Anteriormente, usuários poderiam realizar reuniões de até 24 horas sem pagar nada. A empresa implementou uma restrição de 60 minutos, mas os participantes só começaram a ser notificados neste último sábado (10), recebendo um aviso aos 55 minutos de chamada.

Google Meet avisa quando limite está próximo

Diversos tweets mostram que uma janela de aviso surge no canto inferior direito da tela quando faltam 5 minutos para o usuário gratuito do Google Meet atingir o novo limite. Aparentemente, a mudança havia passado despercebida por muitos até agora, que só a descobriram com a chegada da notificação.

O Google explicou em um artigo de suporte que as restrições a contas gratuitas se aplicam da seguinte forma: chamadas individuais (entre 2 pessoas) permanecem com duração de até 24 horas, enquanto as em grupo (com três ou mais participantes), passam a ter a duração máxima de 1 hora. Não foi alterado o número máximo de participantes, que segue sendo de até 100 pessoas para não-pagantes.

“Sua chamada termina em 5 minutos. As chamadas em grupo gratuitas têm o limite de uma hora”, diz a notificação do Google Meet. Já os assinantes do Google Workspace Individual, Business e Education podem realizar as chamadas de vídeo em grupo de até 24 horas. O número máximo de participantes varia entre os planos, podendo chegar até 300 pessoas.

A mudança, na realidade, deveria ter chegado em setembro de 2020, mas foi adiada com a pandemia de COVID-19, que forçou as pessoas a ficarem em casa. Após outros dois adiamentos, o Google finalmente implementou a restrição agora em julho.

Alternativas gratuitas ao Google Meet

Vale destacar que há outras opções gratuitas com limites maiores de tempo para videochamadas. A versão básica do Microsoft Teams, por exemplo, segue permitindo 24 horas de chamadas de maneira temporária, mas também tem planos para reduzir a oferta para 60 minutos quando a pandemia acabar.

Já o Skype permite que cada reunião em vídeo dure até 4 horas cada, com um limite de 10 horas por dia ou 100 horas por mês em chamadas. Uma vez que o usuário atinge sua cota gratuita, suas ligações são restritas a somente áudio.

Relacionados