Hyperloop de até 1.200 km/h em Porto Alegre promete “quebrar paradigmas”

Acordo para desenvolvimento do sistema de transporte hyperloop foi anunciado em janeiro pelo governo do Rio Grande do Sul

Ana Marques
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Cápsula com passageiros ou carga viaja, em alta velocidade, dentro de tubo, como nesta linha de teste na França (Imagem: Divulgação/HyperloopTT)
Linha de testes da HyperloopTT na França (Imagem: Divulgação/HyperloopTT)

Porto Alegre pode ser a primeira cidade da América Latina a receber o sistema de transporte de hyperloop, que promete atingir velocidades de até 1.200 km/h. O projeto, que foi apresentado no final de janeiro, faz parte de um acordo entre o governo do Estado do Rio Grande do Sul, a empresa Hyperloop Transportation Technologies (HyperloopTT) e pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Segundo informações preliminares, a UFRGS estuda a viabilidade de uma rota que conecte Porto Alegre à Serra Gaúcha. A ideia é que o sistema seja capaz de transportar passageiros ou cargas por meio de cápsulas suspensas em uma rede de tubos de baixa pressão – tudo isso com “conforto e segurança superiores aos de aviões”.

Um dos coordenadores do estudo será o presidente da Agergs (Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do RS), Luiz Afonso Senna, que é professor titular na Escola de Engenharia da UFRGS. Segundo Senna, o “projeto é uma quebra de paradigmas em todos os modais do transporte”.

O acordo de hoje pode ser considerado bastante futurista, mas cogitamos analisar a viabilidade do projeto e, assim, lançar a primeira ideia para que, quem sabe logo adiante, possamos confirmar as condições de viabilizar o hyperloop, uma alternativa economicamente viável, segura e sustentável. A pesquisa nos permite sonhar. E o sonho começa a ser realizado a partir da vontade e da ação, e hoje temos um exemplo disso.

Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul

O estudo em parceria com a UFRGS também analisará condições ambientais, socioeconômicas e financeiras do projeto de implementação do novo sistema de transporte. A HyperloopTT afirma que uma das principais vantagens é que o sistema não depende de recursos públicos para se manter, além de ser uma alternativa sustentável do ponto de vista ambiental.

Outros projetos da HyperloopTT no Brasil não foram para frente

A HyperloopTT está de olho no Brasil há alguns anos e planeja incluir o país em sua segunda leva de investimentos. No entanto, a empresa encontrou alguns impasses em conversas com as autoridades governamentais.

A companhia pretendia abrir um centro de pesquisa em Contagem (MG), mas o projeto foi cancelado após o governo mineiro bloquear a verba de R$ 13 milhões (metade do custo total). Negociações com o governo de São Paulo e do Paraná também teriam ficado estagnadas.

A HyperloopTT foi fundada em 2013 e tem sedes em Los Angeles (EUA) e Toulouse (França), além de escritórios em Abu Dhabi e Dubai, nos Emirados Árabes Unidos; Bratislava (Eslováquia); São Paulo e Barcelona (Espanha). A empresa já assinou acordos nos Estados Unidos, Emirados Árabes Unidos, França, Alemanha, Índia, China, Coreia do Sul, Indonésia, Eslováquia, República Tcheca e Ucrânia.

Com informações: Agergs e Governo do Estado do RS

Receba mais sobre Hyperloop na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Ana Marques

Ana Marques

Gerente de Conteúdo

Ana Marques é jornalista e cobre o universo de eletrônicos de consumo desde 2016. Já participou de eventos nacionais e internacionais da indústria de tecnologia a convite de empresas como Samsung, Motorola, LG e Xiaomi. Analisou celulares, tablets, fones de ouvido, notebooks e wearables, entre outros dispositivos. Ana entrou no Tecnoblog em 2020, como repórter, foi editora-assistente de Notícias e, em 2022, passou a integrar o time de estratégia do site, como Gerente de Conteúdo. Escreveu a coluna "Vida Digital" no site da revista Seleções (Reader's Digest). Trabalhou no TechTudo e no hub de conteúdo do Zoom/Buscapé.

Canal Exclusivo

Relacionados