A Apple resolveu acabar com a confusão e liberou gratuitamente para todo mundo seus softwares não profissionais de edição de áudio (GarageBand) e vídeo (iMovie), além da suíte iWork, que conta com Pages (documentos), Numbers (planilhas) e Keynote (apresentações). Os aplicativos agora podem ser baixados sem custo por qualquer usuário de macOS ou iOS.

Desde 2013, esses aplicativos eram gratuitos para quem comprasse um novo Mac, iPhone ou iPad. Quem era proprietário de um dispositivo mais antigo tinha que pagar entre US$ 4,99 e US$ 19,99 por aplicativo. Agora, mesmo quem não atualizou seu iTreco (o que é meio difícil) ou Mac nos últimos quatro anos pode fazer o download dos softwares na App Store ou Mac App Store.

Eis os links:

Além de simplificar as coisas para o usuário doméstico, o MacRumors nota que a mudança facilita o download dos aplicativos em instituições educacionais ou empresas que utilizam o Programa de compras por volume (VPP) da Apple.

Os softwares profissionais da Apple, por sua vez, continuam sendo pagos (e muito bem pagos). O Final Cut Pro X está disponível por US$ 299,99, enquanto o Logic Pro X é vendido por US$ 199,99 na Mac App Store.

Relacionados

Autor(a)

Paulo Higa

Paulo Higa

Ex-editor executivo

Paulo Higa é jornalista com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. No Tecnoblog, atuou como editor-executivo e head de operações entre 2012 e 2023. Viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. Foi coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.