PlayStation Portal é o portátil da Sony para rodar jogos do PS5 por Wi-Fi

Conhecido anteriormente como Project Q, aparelho não pretende concorrer com Nintendo Switch; a ideia é jogar no PS5 quando ele está longe

Giovanni Santa Rosa
Por
• Atualizado há 5 meses
PlayStation Portal, aparelho com uma tela no centro e duas "metades" de DualSense dos lados
PlayStation Portal (Imagem: Divulgação/Sony)

A Sony anunciou nesta quarta-feira (23) seu novo portátil: o PlayStation Portal. O aparelho tem tela LCD de oito polegadas, com resolução de 1080p, e faz streaming de jogos do PS5 por Wi-Fi. Ele chega às lojas ainda em 2023, com preço sugerido de US$ 199,99.

O aparelho coloca um controle de cada lado da tela de oito polegadas. Eles têm um formato parecido com o do DualSense, do PS5, e contam com recursos como gatilhos adaptáveis e feedback háptico, o que deve tornar a experiência bem parecida com a do console.

O PlayStation Portal era conhecido desde maio como Project Q, quando a Sony anunciou o início da produção.

PlayStation Portal não é concorrente do Switch

O Portal não é tão portátil assim: ele roda apenas os jogos instalados em um PS5 e precisa estar conectado a Wi-Fi de no mínimo 5 Mbps (não necessariamente a mesma do console).

Como não dá para colocar games nele e rodar no próprio aparelho, na prática, você estará limitado à disponibilidade de internet.

A ideia é poder jogar sem precisar da TV, estando em outro cômodo ou em outra casa. Ou seja: ele não é um concorrente do Switch, do Steam Deck ou de outros portáteis do tipo.

O aparelho funciona mais como uma extensão do recurso PS Remote Play que a Sony já oferece há alguns anos, desde o PS4, em computadores, tablets ou smartphones.

Sem Bluetooth, sem cloud gaming

O PlayStation Portal não funcionará com o serviço de cloud gaming da Sony. A empresa diz que não será possível rodar jogos de PS5 por streaming, usando uma assinatura PS Plus Premium.

Outra limitação é a ausência de Bluetooth. Para conectar fones de ouvido sem fio, é preciso que eles tenham suporte à tecnologia PlayStation Link, proprietária da Sony. Por outro lado, ele tem uma saída de 3,5 mm para fones com fio.

Segundo a IGN, a bateria do PlayStation Portal ainda não foi finalizada. Por isso, não se sabe qual será a autonomia do dispositivo.

A CNET diz que a Sony tem como objetivo oferecer uma autonomia de sete a nove horas, próxima do DualSense.

Preço e disponibilidade

A Sony diz que o PlayStation Portal chega ainda este ano, mas não deu uma data específica. O aparelho custará US$ 199,99.

Com informações: Sony, The Verge, IGN

Receba mais sobre Playstation na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Canal Exclusivo

Relacionados