Polícia de Nova Iorque dá AirTags para tentar evitar roubos de carros

Dispositivos da Apple vão ser usados para inibir criminosos e rastrear os veículos roubados; inicialmente, o Bronx será a região que mais receberá as doações

Ricardo Syozi
Por
AirTag (Imagem: Divulgação/Apple)
AirTag (Imagem: Divulgação/Apple)

Devido à alta taxa de roubos de veículos na cidade, policiais de Nova Iorque anunciaram que vão entregar 500 AirTags para os cidadãos. O objetivo é o de desencorajar os criminosos a furtarem e de facilitar o encontro dos carros roubados na região. Os gadgets foram doações da organização sem fins lucrativos chamada “Association for Better New York”.

O anúncio foi feito durante uma coletiva no fim de semana, no qual o prefeito de Nova Iorque, Eric Adams, chamou os itens da Apple de “peças de engenhosidade realmente incríveis”. A maioria dos 500 AirTags serão distribuídas na região do Bronx, local que teve um aumento de 24% no furto de veículos apenas neste ano, em comparação a 2022.

Eric Adams continuou seus elogios para o aparelho da maçã:

Este dispositivo simples, este simples AirTag, escondido na localização de um carro que uma pessoa não conhece, é um excelente dispositivo de rastreamento. É fácil monitorar. Você pode ver em tempo real onde o veículo está localizado.

Além disso, as autoridades usarão drones para prevenir furtos e fazer buscas dos veículos na cidade. Os roubos de carros aumentaram 13% em Nova Iorque em 2023, se compararmos com o mesmo período do ano passado. Assim, a polícia está buscando alternativas para evitar que esse número fique ainda maior.

polícia de NY airtags
A polícia de Nova Iorque apresentando o projeto (Imagem: Reprodução / Internet)

Plano é bom, mas não é perfeito

As autoridades da cidade acreditam na agilidade do uso dos AirTags da Apple, ressaltando a forma mais eficaz de usar o dispositivo. John Chell, Chefe de Patrulha da Polícia de Nova Iorque, afirmou na coletiva:

Seu telefone será alertado. Você sabe que alguém está em seu carro que não deveria estar e/ou foi roubado. Ligue para o 911 o mais rápido que puder. Você diz aos policiais envolvidos ‘Eu tenho um AirTag’, e eles irão imediatamente sair em busca com o aparato de apreensão em toda a cidade. O sinal do aparelho indicará exatamente para onde eles devem seguir.

No papel, tudo funciona perfeitamente, contudo, há defeitos nesse plano.

Primeiramente, o AirTag faz um barulho sempre que estiver longe de seu dono por um intervalo de 8 a 24 horas. Sempre que o dispositivo der o sinal automaticamente, o iOS vai alertar iPhones próximos. O usuário teria que colocar o objeto escondido no veículo, mas o som acabaria avisando os ladrões. Assim que encontrassem o item, eles poderiam simplesmente se desfazer e seguir com o automóvel.

Ademais, stalkers passaram a usar os AirTags para espionar pessoas, algo que a Apple tenta combater frequentemente. Os criminosos podem tentar utilizar o gadget para marcar seus alvos e rastreá-los quando estiverem sozinhos.

Com informações: 9to5Mac.

Relacionados