Snapdragon 630 e 660 são os novos chips da Qualcomm para smartphones intermediários

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 1 mês
Snapdragon 630 e 660

A Qualcomm não esqueceu da sua linha de processadores para dispositivos intermediários: na noite de segunda-feira (8), a companhia anunciou os chips Snapdragon 630 e 660. Eles vêm para substituir principalmente os modelos Snapdragon 626 e 653, respectivamente, e prometem ganho de desempenho, conexões móveis mais rápidas e suporte ao Quick Charge 4.

No processamento, a performance do Snapdragon 630 é até 10% superior na comparação com o Snapdragon 626. Já o Snapdragon 660 é até 20% mais rápido que o Snapdragon 653. Na parte gráfica, os novos chips conseguem ter rendimento até 30% superior em relação aos seus antecessores, segundo a Qualcomm.

O Snapdragon 630 é um octa-core com quatro núcleos Cortex-A53 de 2,2 GHz e outros quatro Cortex-A53 de 1,8 GHz. Os gráficos são garantidos pela GPU Adreno 508 (contra o Adreno 506 do Snapdragon 626).

Pela numeração mais alta, fica claro que o Snapdragon 660 é o mais poderoso das duas novidades: o chip possui quatro núcleos Kryo 260 de 2,2 GHz e quatro Kryo 260 de 1,8 GHz, além da GPU Adreno 512 (o Snapdragon 653 tem GPU Adreno 510).

Outro destaque do Snapdragon 660 é o processador de sinal digital (DSP, na sigla em inglês) Hexagon 680, que apareceu primeiro no Snapdragon 820: o componente pode realizar vários tipos de tarefas — melhorar a qualidade de vídeos gravados, por exemplo — sem consumir tanta energia quanto a CPU. O Snapdragon 660 tem ainda suporte ao Wi-Fi 802.11ac com sistema MU-MIMO 2×2.

Snapdragon 660

Em comum, ambos os modelos contam com processo de fabricação FinFET de 14 nanômetros, modem LTE Snapdragon X12, que permite ao smartphone se conectar a redes 4G com velocidades de até 600 Mb/s (megabits por segundo) de download e 150 Mb/s de upload, além do processador de imagens Spectra 160 ISP, que tem entre seus atributos estabilização eletrônica nas gravações de vídeo e aprimoramento de fotos tiradas em ambiente com pouca luz.

Outros recursos existentes nos dois chips são o suporte a até 8 GB de memória LPDDR4 (mais rápida e com consumo menor em relação ao tipo LPDDR3), Bluetooth 5.0 e a já mencionada compatibilidade com o Quick Charge 4.0: até então disponível apenas no Snapdragon 835, a tecnologia promete até 50% de carga na bateria em apenas 15 minutos.

As primeiras unidades do Snapdragon 630 começarão a ser entregues no final do mês. O Snapdragon 660 já está sendo enviado aos fabricantes. A expectativa é a de que smartphones equipados com os novos chips comecem a aparecer, no mais tardar, durante o terceiro trimestre.

Com informações: AnandTech

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Canal Exclusivo

Relacionados