Novo iPhone SE pode ser lançado no começo de 2020 e vir com chip A13

Sucessor do iPhone SE deve ser “inspirado” no iPhone 8

Emerson Alecrim
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Foto por Kārlis Dambrāns/Flickr
iPhone 8

Os rumores de que a Apple irá lançar um sucessor para o iPhone SE ganham cada vez mais força. O mais recente vem de Ming-Chi Kuo: conhecido por seu longo histórico de acertos sobre lançamentos da Apple, o analista da TF International Securities afirmou recentemente que o iPhone SE 2 deve ser lançado no começo de 2020.

As informações de Kuo batem com os rumores do mês passado que dizem que o iPhone SE 2 (se a Apple usar mesmo esse nome) será parecido com o iPhone 8 — o primeiro iPhone SE remete ao iPhone 5s, vale relembrar.

Isso significa que o aparelho terá um visual mais recente, mas manterá características “clássicas”, como bordas generosas acima e abaixo da tela, e o sensor de impressões digitais Touch ID, que foi aposentado nos modelos mais recentes da linha.

Mas o detalhe que mais chamada atenção é o processador: de acordo com o analista, o novo iPhone SE deve vir com o A13, o mesmo chip que equipa os recém-anunciados iPhone 11, iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max. A quantidade de RAM deve ficar em 3 GB.

O tamanho da tela não foi comentado, mas os rumores anteriores apontam que o iPhone SE 2 deve ter display de 4,7 polegadas (assim como o iPhone 8).

No momento, o maior mistério é o preço. O primeiro iPhone SE foi lançado por US$ 399, mas o sucessor deste deve vir com um conjunto de hardware mais complexo, assim, fica difícil saber se a Apple manterá essa faixa de preço.

Mas, se levarmos em conta que o iPhone 8 é vendido atualmente nos Estados Unidos por cerca de US$ 450, dá para apostar em valores não muito diferentes disso.

Com informações: The Verge.

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Emerson Alecrim

Emerson Alecrim

Repórter

Emerson Alecrim cobre tecnologia desde 2001 e entrou para o Tecnoblog em 2013, se especializando na cobertura de temas como hardware, sistemas operacionais e negócios. Formado em ciência da computação, seguiu carreira em comunicação, sempre mantendo a tecnologia como base. Em 2022, foi reconhecido no Prêmio ESET de Segurança em Informação. Em 2023, foi reconhecido no Prêmio Especialistas, em eletroeletrônicos. Participa do Tecnocast, já passou pelo TechTudo e mantém o site Infowester.

Canal Exclusivo

Relacionados