Uber bate 2 bilhões de corridas no trimestre e fecha 2022 com lucro

Empresa quebra recordes, faz 1 milhão de viagens por hora, e número de motoristas e entregadores na plataforma passa dos 5,4 milhões

Giovanni Santa Rosa
Por
• Atualizado há 11 meses
Uber
Uber (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

A Uber apresentou nesta quarta-feira (8) os resultados financeiros do último trimestre de 2022. A empresa de entregas e transporte superou as projeções dos analistas de mercado e teve seu melhor ano na história. O número de corridas bateu recorde, e a empresa teve lucro.

Pela primeira vez, a companhia passou 2 bilhões de corridas em um trimestre, segundo o CEO, Dara Khosrowshahi. Isso dá 1 milhão de corridas por hora. Em relação ao mesmo período de 2021, foi um crescimento de 19%.

O número de consumidores ativos mensalmente na plataforma também cresceu em relação a 2021, de 118 milhões para 131 milhões — um aumento de 11%.

Os bons números mostram que a Uber superou a crise enfrentada no início da pandemia, quando as restrições fizeram o número de corridas despencar. Logo após, houve, globalmente, uma escassez de oferta de mão de obra.

Agora, tudo isso faz parte do passado. O número de motoristas e entregadores ativos bateu recorde: são mais de 5,4 milhões na plataforma.

Segundo Khosrowshahi, 70% dos motoristas da plataforma dizem que a inflação é um dos motivos na decisão de dirigir para a Uber.

Uber tem lucro e projeta crescimento

As projeções da Bloomberg indicavam um prejuízo de US$ 0,12 por ação, mas a Uber teve lucro de US$ 0,29 por papel, no trimestre encerrado em 31 de dezembro de 2022.

A receita no período também superou as expectativas: US$ 8,61 bilhões contra US$ 8,47 bilhões.

Qual a diferença entre faturamento, lucro e receita?

Para o primeiro trimestre de 2023, a empresa espera continuar crescendo. As reservas brutas devem crescer entre 20% e 24% em relação ao primeiro trimestre de 2022, atingindo US$ 31 bilhões.

Essa métrica que representa o total de dinheiro gerado pela Uber em todos os seus negócios — corridas, frete e delivery — antes de pagar motoristas e entregadores parceiros.

Os números da Uber confirmam a tendência de alta nas viagens e melhora nos resultados financeiros.

As ações da Uber na Bolsa de Valores de Nova York atingiram uma alta de 7%, negociadas a US$ 37,58.

Com informações: Yahoo! Finance, CNBC.

Receba mais sobre Uber na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Giovanni Santa Rosa

Giovanni Santa Rosa

Repórter

Giovanni Santa Rosa é formado em jornalismo pela ECA-USP e cobre ciência e tecnologia desde 2012. Foi editor-assistente do Gizmodo Brasil e escreveu para o UOL Tilt e para o Jornal da USP. Cobriu o Snapdragon Tech Summit, em Maui (EUA), o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre (RS), e a Campus Party, em São Paulo (SP). Atualmente, é autor no Tecnoblog.

Canal Exclusivo

Relacionados