WhatsApp Beta para Android começa a identificar links suspeitos

Em breve, você receberá um alerta quando receber um link estranho no WhatsApp

Victor Hugo Silva
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Link de exemplo usa um caractere semelhante ao "i" para enganar usuários do WhatsApp

O WhatsApp tem trabalhado em um novo recurso capaz de avisar quando há links suspeitos enviados em uma conversa. A funcionalidade está sendo testada ao menos desde o início do mês, mas ainda não havia sido liberada nem mesmo para usuários beta.

Agora, segundo o WABetaInfo, quem participa do programa de testes do WhatsApp poderá contar com a proteção extra. Sempre que alguém enviar um link suspeito – que tenta se passar por outro, por exemplo – o aplicativo mostrará uma etiqueta vermelha.

Caso tente abri-lo, você verá uma nova janela explicando o motivo para ele ter sido considerado suspeito. O mensageiro exibirá um link com mais informações sobre o recurso, e dará a opção de retornar para a conversa ou abrir o link mesmo assim.

A análise sobre a segurança do link é feita localmente, já que o WhatsApp utiliza a criptografia de ponta a ponta e não pode ler o conteúdo das mensagens.

O novo recurso já está diponível para quem possui a versão beta 2.18.221 instalada no Android. Caso seu WhatsApp já esteja nessa edição e você ainda não recebeu alertas sobre links suspeitos, ele poderá levar mais um tempo para ser liberado em seu dispositivo.

De acordo com o WABetaInfo, uma alternativa é fazer o backup das conversas e reinstalar o WhatsApp. Com isso, o aplicativo terá as configurações mais recentes do servidor, incluindo a verificação de links. A funcionalidade deverá chegar em breve para os demais usuários de Android, além de iOS e Windows Phone.

Receba mais sobre WhatsApp na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva

Ex-autor

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi autor, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Canal Exclusivo

Relacionados