WhatsApp pode ganhar newsletters para enviar conteúdos a muitas pessoas

Newsletters do WhatsApp seriam uma alternativa para criadores de conteúdos, empresas e afins na hora de divulgar novidades aos usuários do mensageiro

Bruno Gall De Blasi
Por
• Atualizado há 8 meses
Logotipo do WhatsApp
WhatsApp (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Além de ser a principal ferramenta de contato no Brasil, o WhatsApp também é usado para divulgar promoções de lojas, informações de autoridades, abrigar chatbots e muito mais. A Meta, no entanto, não quer parar por aí: o WABetaInfo descobriu rastros de uma nova ferramenta para criar newsletters privadas dentro do app de mensagens.

O recurso foi descoberto nesta terça-feira (21). De acordo com o site especializado, a função ainda não tem um nome comercial oficial, mas foi identificada pelo codinome “newsletter” no código do app. Além disso, há alguns indícios de que a novidade será usada para compartilhar informações a uma grande quantidade de pessoas.

Ou seja, se você é criador de conteúdo e quer fazer anúncios aos espectadores pelo WhatsApp, basta divulgar as novidades pela ferramenta de newsletter. O mesmo pode ser feito por uma empresa para enviar promoções aos seus clientes. Em seguida, os seguidores receberão as informações em seus celulares, sem depender de outras plataformas.

WABetaInfo não chegou a detalhar muito bem o funcionamento da ferramenta, pois ainda está em desenvolvimento. Mas imagino que seja similar aos canais do Telegram, que já viraram uma preocupação devido à propagação de fake news dentro do mensageiro. Mesmo assim, a ferramenta do WhatsApp tende a ser mais limitada, pelo menos no primeiro momento.

Newsletters do WhatsApp não serão criptografadas

Os usuários também terão um pouco mais de privacidade, pois o número de telefone e o nome dos assinantes ficarão ocultos. Por outro lado, as informações do canal não serão criptografadas de ponta a ponta, por se tratar de um conteúdo espalhado para inúmeras pessoas.

As mensagens, vale ressaltar, continuarão com a proteção.

Felizmente, somente o usuário, e mais ninguém, terá acesso à lista de newsletters inscritas. Já o acesso às novidades será realizado dentro da aba Status. E, novamente, vale o aviso: tudo isso será privado, pois a Meta não pretende criar uma rede social dentro do WhatsApp. Trata-se apenas de mais uma forma para divulgar informações sem depender das limitações dos grupos, canais de transmissão e Comunidades.

Mesmo com o vazamento, ainda não há informações concretas sobre o funcionamento e lançamento do recurso. Afinal, as newsletters estão em desenvolvimento e todos os detalhes foram encontrados no código do aplicativo. Isto significa que a Meta poderá alterar todos os seus planos até a estreia da novidade.

Relacionados